• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Sejus apreende celulares dentro da Penitenciária Major César

A ação, denominada de Operação Atônito, consistiu em uma série de vistorias nas celas e pavilhões para garantir a ordem e disciplina na unidade.

18/10/2019 08:04h - Atualizado em 18/10/2019 11:05h

Pelo menos 13 aparelhos celulares e 23 carregadores de baterias foram apreendidos dentro da Penitenciária Major César durante uma ação coordenada pela Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) nesta quinta-feira (17). A ação, denominada de Operação Atônito, consistiu em uma vistoria nas celas e pavilhões para manter a disciplina e a ordem na unidade penal.


Leia também: Nova cadeia minimiza, mas não resolve superlotação, diz sindicato 


Além dos celulares e carregadores, também foram encontrados em poder dos presos oito baterias e uma caixa com 359 DVD’s piratas, além de uma pequena quantidade de drogas.


Celulares apreendidos com presos dentro da Major César - Foto: Divulgação/Sejus

Para o diretor de inteligência da Sejus, delegado Charles Pessoa, a operação contribuirá para atenuar problemas relacionados à segurança pública, como a comunicação de presos com o exterior dos presídios e possíveis fugas. “Estamos focados em manter os protocolos de segurança e disciplina das unidades prisionais e logramos êxito com esta ação”, diz.


A Operação Atônito consistiu em vistorias nas celas e pavilhões da Colônia Agrícola - Foto: Divulgação/Sejus

Já o secretário de Justiça, Carlos Edilson, pontua que a Operação Atônito tem o objetivo principal de garantir o andamento de políticas públicas para reinserir socialmente os internos do sistema penitenciário piauiense. “Com a ordem mantida, podemos avançar nas ações que possibilitem ao detento a busca da sua mudança de vida”, explica o gestor.

A Operação Atônito contou com a participação de 50 agentes penitenciários, membros do Grupo de Apoio Rápido (GAR) e policiais do Batalhão de Choque.

Por: Maria Clara Estrêla, com informações da Secretaria de Justiça

Deixe seu comentário