• SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Terceirizados da Evangelina Rosa denunciam atraso no salário

Segundo os funcionários, o último pagamento foi efetuado no mês de agosto, referente aos serviços prestados ainda no mês de maio.

06/09/2019 12:18h - Atualizado em 06/09/2019 13:35h

Funcionários terceirizados da Maternidade Evangelina Rosa estão denunciando o atraso de três meses no pagamento de salário e vale transporte

Segundo os funcionários, o último pagamento foi  efetuado no mês de agosto, referente aos serviços prestados ainda no mês de maio.


Leia também:

CRM prorroga interdição da Evangelina Rosa por mais 60 dias 


Os salários de junho, julho e agosto ainda não foram debitados nas contas dos servidores. 

"Agora tem três meses que estamos sem receber os vales transportes também. Todos os bolsistas de medicina, enfermeiros, técnicos de enfermagem e maqueiros. A gente não sabe porque, eles dizem que está pago, mas não está", denuncia uma funcionária que não quis ser identificada.

Terceirizados da Evangelina Rosa denunciam atraso no salário. (Foto: Arquivo O Dia)

Sem ter condições de ir trabalhar por falta de pagamento, os funcionários argumentam que estão procurando outras formas de continuar comparecendo ao trabalho, com medo de perder o emprego

"Todos os funcionários estão se virando, inclusive eu. Seja pedindo emprestado ou colocando no cartão", afirma a funcionária.

A assessoria de imprensa da maternidade respondeu que os servidores contratados estão com os pagamentos próximo da normalidade e os terceirizados pagos pela maternidade estão com salário e vale-transporte em dia. Já os terceirizados pagos pela Secretaria de Estado da Saúde a maternidade respondeu que não tem controle sobre esses pagamentos.

NOTA DE ESCLARECIMENTO:

A Maternidade dona Evangelina Rosa informa que os funcionários contratados estão com pagamentos próximo da normalidade. Os  terceirizados da Casa estão em dia.

Já os terceizados pagos pela Mder estão em dia e os vales transportes tbm. Os terceirizados pagos pela Sesapi, a mder não tem o controle e são todos os terceirizados de todos os outros órgãos.


Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário