• Cobertura Zé Pereira
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Veja dicas para ingressar em uma universidade pública com a nota do Sisu

partir do dia 21 de janeiro, terça-feira, começam as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

18/01/2020 10:36h

Com as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) divulgadas, quem quer ingressar em uma faculdade pública em 2020, tem que se prepara que se preparar. A partir do dia 21 de janeiro, terça-feira, começam as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Ao todo, são mais de 237 mil vagas oferecidas por 128 instituições públicas em todo o Brasil..

Em sites da internet é possível ver a nota de corte do curso desejado. Além de  acompanhar a variação da nota nos últimos anos e as médias por estado. Veja 5 dicas para ampliar as chances de ingresso:

• Faça uma lista das faculdades e cursos de interesse a partir da relação apresentada pelo Simulador de Notas de Corte do Sisu . Considere a qualidade no ensino, proximidade de casa, mercado de trabalho na região e o que mais for importante;

• Verifique a nota de corte de cada uma delas e compare com a obtida no Enem;

• Separe as faculdades em duas listas: a primeira é a das mais desejadas, com a nota de corte um pouco maior do que a obtida no Enem; na segunda, selecione as instituições com notas de corte igual ou inferior;

• Durante o período de inscrição (21 e 24 de janeiro), preencha o cadastro indicando como primeira opção uma das faculdades da primeira lista e, como segunda opção, uma da segunda;

• Acompanhe a variação das notas durante o período de inscrição e ajuste as escolhas para garantir que sempre haverá uma opção ideal na primeira escolha e uma opção possível na segunda.


Veja dicas para ingressar em uma universidade publica com a nota do Sisu. Reprodução

Quais foram as notas de corte do ano passado?

Abaixo estão os 10 cursos com mais inscrições no Brasil, segundo o Censo da Educação do Ensino Superior, do INEP, junto da maior e menor nota no Sisu em 2019. Confira:

Administração

• Maior nota: 771,1, na USP, em Ribeirão Preto - SP, no turno matutino;

• Menor nota: 570,3, no IFPI, em São João do Piauí - PI, no turno noturno;

• Análise e desenvolvimento de sistemas

• Maior nota: 788,04, no IFTM, em Uberaba - MG, no turno noturno;

• Menor nota: 553,08, no IFPI, em Corrente - PI, no turno noturno;

Direito

• Maior nota: 866,35, na UNIFESSPA, em Marabá - PA, no turno integral;

• Menor nota: 678,81, na UFPI, em Corrente - PI, no turno noturno;

Educação Física

• Maior nota: 738,52, no IFCE, em Juazeiro do Norte - CE, no turno vespertino;

• Menor nota: 561,94, na UFMT, em Diamantino - MT, no turno noturno;

Enfermagem

• Maior nota: 764,61, na USP, em São Paulo - SP, no turno integral;

• Menor nota: 649,36, na UESPI, em Teresina - PI, no turno integral;

Engenharia civil

• Maior nota: 883,13, no IFCE, em Fortaleza - CE, no turno matutino;

• Menor nota: 652,75, na IFSE, em Estância - SE, no turno integral;

Fisioterapia

• Maior nota: 776,56, na UFRN, em Santa Cruz - RN, no turno integral;

• Menor nota: 668,06, na UFPI, em Parnaíba, no PI, no turno integral;

Medicina

• Maior nota: 901,5, no UFRN, em Caicó - RN, no turno integral;

• Menor nota: 769,73, na UFERSA, em Mossoró - RN, no turno integral;

Pedagogia

• Maior nota: 738,05, no IFCE, em Canindé - CE, no turno noturno;

• Menor nota: 537,72, no IFC, em Abelardo Luz - SC, no turno integral;

Psicologia

• Maior nota: 834,77, na UNIFESSPA, em Marabá - PA, no turno integral;

• Menor nota: 678,14, na UFRR, em Boa Vista - RR, no turno integral.

Para quem não conseguiu a vaga via Sisu, o estudante pode ficar atento as notas de corte do Programa Universidade para Todos (Prouni ) e para financiamento estudantil pelo Fies.

Calendário do Sisu

Não perca nenhuma data importante.

• 21/01/2020: Início das inscrições no Sisu;

• 24/01/2020 às 23h59: Fim das inscrições do Sisu;

• 28/01/2020: divulgação do resultado;

• 29/01/2020 a 04/02/2020: Matrícula dos convocados da primeira chamada e declaração de interesse na lista de espera.

Fonte: Ascom

Deixe seu comentário