• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias Polícia

21 de setembro de 2019

BR-316: PRF apreende 280 pássaros silvestres dentro de uma picape

BR-316: PRF apreende 280 pássaros silvestres dentro de uma picape

O veículo onde os animais eram transportados havia sido roubado em Brasília. O condutor acabou preso.

A Polícia Rodoviária Federal do Piauí (PRF-PI) apreendeu 280 pássaros silvestres sendo transportados dentro de 15 gaiolas em uma picape na rodovia BR-316, próximo à cidade de Picos. O caso aconteceu na madrugada deste sábado (21) e o condutor o veículo acabou sendo preso. De acordo com o inspetor Alexandro Lima, porta-voz da corporação, ele tem 58 anos e estava sozinho dentro do veículo.


Leia também

PRF apreendeu mais de 700 animais nas estradas piauienses em 2018 

PRF prende cinco pessoas e apreende mais de 30 animais silvestres 


“Ele informou que estava levando as aves de Goiás até a cidade de Fortaleza, no Ceará, e que receberia R$ 40,00 por cada animal entregue no destino”, relatou o inspetor. Na verificação feita, os policiais rodoviários federais constataram ainda que o veículo, uma picape modelo GM Montana LS2 conduzida pelo preso, havia sido tomada de assalto no dia 27 de junho deste ano na cidade de Brasília.


O condutor do veículo foi preso e responderá por receptação e tráfico de animais silvestres - Foto: Divulgação/PRF-PI

O condutor do carro foi autuado em flagrante e encaminhado, junto com os animais e o veículo, para a Delegacia Regional de Picos para os procedimentos legais. Ele irá responder por crimes de tráfico de animais silvestres e receptação.

20 de setembro de 2019

Alunos são ouvidos na Delegacia por divulgar Fake News sobre ataque

Alunos são ouvidos na Delegacia por divulgar Fake News sobre ataque

Os três jovens de 14 anos são apontados com responsáveis por divulgações informações falsas nas redes sociais.

Foram ouvidos, na manhã desta sexta-feira (20), os três estudantes supostamente responsáveis por divulgar informações falsas sobre um suposto atentado a uma escola particular de Teresina. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a investigação está sendo conduzida pela Delegacia do Menor Infrator, coordenada pela delegada Kátia Esteves.

A investigação está sendo conduzida pela Delegacia do Menor Infrator, coordenada pela delegada Kátia Esteves. (Foto: Arquivo O Dia)


Leia mais:

Fábio Abreu nega ameaça após prints de suposto ataque viralizar 


Em audiência na manhã de hoje, no Complexo de Defesa da Cidadania no bairro Redenção, os jovens acompanhados dos pais foram ouvidos na presença de advogados e de um funcionário da escola. Por serem menores de idade, as identidades dos adolescentes foram preservadas.

Conversas divulgadas nas redes sociais sobre possível atentado. (Foto: Reprodução/Whatsapp)

Os adolescentes, com idades em torno de 14 anos, teriam utilizado imagens de um caso ocorrido no estado de Santa Catarina para afirmar que a escola de Teresina estaria sob ameaça de ataque. Dois são ex-alunos da escola e um foi expulso da instituição de ensino na manhã de hoje.

Segundo o proprietário e diretor do colégio, Expedito Miranda, os estudantes foram identificados pela própria escola e os nomes foram repassados para a Polícia. “Independente de tudo, tomamos medidas de precaução, informamos ao 6º DP e à Delegacia da Infância e da Juventude, também contratamos seguranças particulares”, afirma o diretor.

Entenda o caso

A Polícia Civil está investigando o compartilhamento de mensagens por meio do aplicativo Whatsapp que informavam que uma escola particular de Teresina seria alvo de ataques de quatro indivíduos armados na manhã desta sexta-feira (20). Nas imagens, um grupo de pessoas comenta que iria invadir uma escola com um revólver calibre 38. Segundo o secretário de Segurança Pública, o capitão Fábio Abreu, as imagens são falsas e seriam de um caso ocorrido no estado de Santa Catarina. 

Fábio Abreu nega ameaça após prints de suposto ataque viralizar

Fábio Abreu nega ameaça após prints de suposto ataque viralizar

Conversas compartilhadas nas redes sociais falavam sobre possível atentando a uma escola particular de Teresina na manhã de hoje (20).

O secretário de Segurança Pública do Piauí, o capitão Fábio Abreu, negou nesta sexta-feira (20) que os prints contendo ameaças de um suposto ataque a uma escola particular de Teresina sejam verídicos. Segundo ele, a conversa que circula nas redes sociais ocorreram no estado de Santa Catarina.



Leia também:

Piauí registrou 15 mortes a cada cem acidentes nas BR's em 2018 


A polêmica iniciou na noite de ontem (19) quando dois ex-alunos da escola teriam postado em grupo de Whatsapp prints de um caso que aconteceu no Sul do país afirmando se tratar de uma ameaça à escola teresinense. 

Conversas divulgadas nas redes sociais sobre possível atentado. (Foto: Reprodução/Whatsapp)

Alunos da escola viram as imagens e compartilharam em outros grupos, chegando aos pais de alunos com uma mensagem alertando sobre um suposto atentado que ocorreria na manhã de hoje, às 8h40.

"Fizemos contato com a Inteligência da Polícia Civil e parte daqueles prints é de Santa Catarina, quando mostra aquela arma, a arma é de um jovem que também expôs essa arma em Balneário Camboriu, não procede", afirma o secretário de Segurança.


Apesar de se tratar de uma Fake News, uma equipe da Polícia Militar esteve na manhã de hoje em frente a escola para averiguar a possível ameaça. O secretário esclareceu ainda que a Polícia Civil continuará a apurar informações sobre o caso.

Aguarde mais informações.

PRF apreende carga de madeira ilegal avaliada em R$ 30 mil

PRF apreende carga de madeira ilegal avaliada em R$ 30 mil

A apreensão ocorreu na cidade de Floriano, a 247 km de Teresina.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na noite desta quinta-feira (19) uma carga de madeira serrada sem licença ambiental válida para transporte. A carga de 22,93m³ era transportada em um caminhão conduzido por um homem de 46 anos, cuja identidade não foi revelada. A apreensão ocorreu na cidade de Floriano, a 247 km de Teresina.


Leia também:

BR-343 foi a rodovia federal que mais fez vítimas em 2018, diz CNT 


Viatura da PRF e caminhão com carga apreendida. (Foto: Divulgação/PRF)

Ao abordarem o veículo, os policiais rodoviários solicitaram que o condutor entregasse toda a documentação ambiental do carregamento. O condutor apresentou uma licença ambiental referente a parte carga de madeira e essa licença ainda estava vencida conforme sistemas do IBAMA

A carga avaliada em R$ 30 mil vinha do município de Cláudia/MT, e tinha como destino o município de Crato/CE, de acordo informações do condutor do veículo, porém os policiais desconfiam que esse carregamento venha do estado do Pará. Segundo a PRF, o valor da carga não está de compatível com o valor apresentado na nota fiscal.

Viatura da PRF e caminhão com carga apreendida. (Foto: Divulgação/PRF)

As empresas proprietárias do veículo e da carga foram enquadradas na lei de crimes ambientais. Toda a carga de madeira juntamente com o veículo e o condutor foram encaminhados ao IBAMA e encontram-se disponíveis na cidade de Floriano para os encaminhamentos devidos. 

Em 2018, a PRF efetuou a apreensão de 1.267,33 m³. Somente esse ano, a PRF já realizou a apreensão de 677,38 m³ de madeira nas rodovias federais que cortam o Piauí.


19 de setembro de 2019

Agiota recolhia cartões de vítimas para garantir pagamento de dívida

Agiota recolhia cartões de vítimas para garantir pagamento de dívida

Clécio Soares Rodrigues retinha os cartões da vítima e enquanto cobrava a dívida, fazia saques de benefícios sociais das contas delas.

Um homem identificado como Clécio Soares Rodrigues foi preso pela Polícia Civil de Marcos Parente por fazer agiotagem e recolher os cartões magnéticos e documentos de suas vítimas para garantir que elas pagassem a dívida contraída com o empréstimo. Segundo informações da Secretaria de Segurança, uma vez de posse dos documentos, ele ainda fazia saques de benefícios sociais nos nomes das vítimas.


Leia também:

Homem é preso acusado de arrombar carros da Capital 

Sobe para 10 o número de presos em operação contra roubos em Teresina 


Clécio foi detido nesta quinta-feira (19) e com ele foi apreendida uma grande quantidade de cartões magnéticos e documentos diversos. As investigações foram conduzidas pela delegacia regional de Guadalupe após o recebimento de denúncias anônimas. A prisão do acusado se deu em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo juiz da Comarca de Marcos Parente.


Cartões encontrados na residência de Clécio Soares - Foto: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com o delegado Moisés Linhares, Clécio se apropriava dos bens e rendimentos dos idosos e lhes dava aplicação diversa. A pena prevista para este tipo de crime é de um a quatro anos de reclusão e pagamento de multa. Além disso, por reter os documentos de suas vítimas com o objetivo de assegurar o recebimento ou ressarcimento da dívida, ele pode pegar ainda de seis meses a dois anos de reclusão.

Clécio foi autuado e encaminhado para a delegacia regional de Guadalupe, onde permanece detido.

Corpo é encontrado com perfurações dentro de cemitério em Parnaíba

Corpo é encontrado com perfurações dentro de cemitério em Parnaíba

A vítima foi identificada como sendo Rogério de Lima Moreira e tinha 40 anos. Três pessoas foram presas suspeitas de terem praticado o crime.

Populares acionaram a Polícia Militar na noite desta quarta-feira (18) após encontrarem um corpo com várias marcas de tiros e perfurações de faca dentro de um cemitério no bairro Alto Santa Maria, na cidade de Parnaíba. Os policiais isolaram e fizeram a identificação da vítima: trata-se de Rogério de Lima Moreira, 40 anos. 


Leia também:

Suspeito de homicídios é morto ao reagir a abordagem da polícia em Parnaíba 

Jovem procurado por dois homicídios é assassinado a tiros em Parnaíba 


De acordo com a PM, ele seria morador de rua e o crime teria sido cometido por desafetos. “Nossa guarnição esteve no local e enquanto a perícia era feita, recebemos informações de alguns possíveis suspeitos. Diligenciamos, conseguimos localizar três pessoas que supostamente teriam envolvimento com o crime e as conduzimos para a delegacia”, relatou o major Antônio Pacífico, comandante da PM de Parnaíba.


Foto: Reprodução/Click Parnaíba

A perícia feita no corpo de Rogério atestou que ele foi assassinado com vários golpes de faca e tiros de garrucha. Haviam também algumas pedras espalhadas próximos ao local onde ele foi localizado. As razões de seu assassinato ainda não foram esclarecidas, mas a PM acredita em um provável acerto de contas.

O corpo de Rogério foi removido pelo IML.

18 de setembro de 2019

Polícia prende homem condenado por estuprar filha de dois meses

Polícia prende homem condenado por estuprar filha de dois meses

O crime aconteceu em 2014. Pai confessou crime à Polícia.

Um homem identificado pelas iniciais R. P. D. S. L. foi preso na manhã de ontem (17) por estuprar a própria filha, um bebê de apenas dois meses de idade. O crime aconteceu no ano de 2014, em Teresina.


Leia mais:

Pai é um dos suspeito de ter estuprado bebê de 2 meses 


Segundo informações da Polícia Civil, o acusado foi preso por investigadores lotados na Gerência de Polícia Especializada (GPE), na zona Leste da Capital, durante cumprimento de mandado de prisão.

Na época do crime, ele estuprou a própria filha de dois meses de idade, provocando severas lesões no bebê, e confessou o crime espontaneamente, alegando ainda que tinha dúvidas se era o verdadeiro pai da menina.

A denúncia foi recebida pelo Conselho Tutelar após o bebê dar entrada no Hospital do Satélite com forte sangramento na região genital. A mãe da criança procurou ajuda médica ao perceber feridas com sangramento nas partes íntimas do bebê quando trocava sua fralda.

Segundo o Delegado Matheus Zanatta, esse foi apenas mais um dos vários mandados cumpridos durante essa semana, em Teresina. “Estamos cumprindo mandados diariamente, no intuito de tirar de circulação indivíduos condenados pela justiça”, explica o gerente.

Delegado Matheus Zanatta. (Foto: Arquivo O Dia)

Sobe para 10 o número de presos em operação contra roubos em Teresina

Sobe para 10 o número de presos em operação contra roubos em Teresina

Ação faz parte do Programa de Combate a Roubos, lançado na semana passada pela Secretaria de Segurança. Cinco ainda seguem foragidos.

Atualizada às 10h34min

Subiu para dez o número de presos na Operação Contrassalto, deflagrada pela Polícia Civil nas primeiras horas da manhã de hoje (18). A ação faz parte do Programa de Combate a Roubos, da Secretaria de Segurança, e tirou de circulação acusados de crimes contra o patrimônio alheio, além de terem sido feitas prisões em flagrante por tráfico de drogas e homicídio.

De acordo com o delegado geral, Luccy Keiko, só na primeira semana depois do lançamento do programa, 20 pessoas já foram presas acusadas de praticarem roubos na região metropolitana de Teresina. Foram apreendidas drogas e veículos subtraídos de seus donos. 

Iniciada às 08h08min

A Polícia Civil está cumprindo na manhã desta quarta-feira (18) 13 mandados de prisão contra acusados de praticarem roubos em Teresina. Na tipificação criminal incluem-se assaltos a mão armada e furtos de veículos, celulares e outros pertences. Até o momento, oito pessoas foram presas, sendo que cinco delas foram localizadas ainda na noite de ontem e mais três na manhã de hoje.

A ação está sendo coordenada pela Gerência de Policiamento Metropolitano e envolve a participação de seis distritos policiais da Capital. Os presos estão sendo levados para a sede da Delegacia Geral, no Centro. 


Leia também:

Com 9,5 mil roubos em seis meses, Polícia lança programa de combate 


“Essa ação faz parte do Programa de Combate a Roubos que foi lançado pela Secretaria de Segurança e a Polícia Civil na semana passada e tem como foco exclusivamente os crimes contra o patrimônio alheio, mas também temos entre os presos alguns acusados de homicídio e tráfico de drogas”, explica o delegado Sebastião Alencar, gerente de polícia metropolitana.


O delegado Sebastião Alencar explica que a operação faz parte do Programa de Combate a Roubos - Foto: O Dia

O preso acusado de homicídio é um foragido da justiça, condenado a 20 anos de prisão por um assassinato cometido no Distrito Federal. A polícia não informou seu nome, mas ele foi localizado vivendo na região metropolitana de Teresina. 

As ações da polícia vão continuar durante o restante da manhã na tentativa de efetuar as cinco prisões restantes.

17 de setembro de 2019

Homem que assaltou joalheria no Carvalho é preso na zona sul de THE

Homem que assaltou joalheria no Carvalho é preso na zona sul de THE

Rivaldo Welton também participou de assalto a agência dos Correios em Araguaína em 2013. Acusado foi preso em uma casa na Vila Irmã Dulce

Delegado Laércio Evangelista explica prisão de foragido que assaltou joalheria no Carvalho Supermercado. (Foto: Assis Fernandes/ O Dia)

Os agentes do GRECO (Grupo de Repressão ao Crime Organizado) prendeu nesta terça-feira (17) um homem identificado como Rivaldo Welton Lima dos Santos, que estava foragido da justiça desde o ano de 2013. Rivaldo é acusado de participação em diversos crimes no Piauí e um no estado do Tocantins.

Segundo o delegado do GRECO, Laércio Evangelista, o acusado participou de uma saidinha de banco no ano de 2009, o assalto a uma joalheria localizada dentro do Carvalho Supermercado , na Avenida Homero Castelo Branco (Joalheria Diamantina) em dezembro de 2009, o assalto a uma drogaria no bairro Parque Piauí no ano de 2011 e assalto a agencia dos Correios da cidade de Araguaína, Tocantins, no ano de 2013, ano de expedição de seu mandado de busca.

Os policiais contaram com denúncias anônimas e diligências para conseguir realizar a prisão do acusado, que estava escondido em um endereço da zona rural de Monsenhor Gil, mas costumava passar alguns dias em uma casa no bairro Vila Irmã Dulce, zona sul de Teresina.

“Hoje ele foi localizado na vila irmã Dulce, ele também estava morando na zona rural de monsenhor Gil, mas hoje o Grego localizou ele nesse endereço e foi dado cumprimento ao mandado de prisão e não ofereceu resistência. Agora ele será encaminhado para ficar a disposição da Justiça”, explica o delegado Laércio Evangelista.

Rivaldo participou do assalto a joalheria no Carvalho Supermercado em 2009. (Foto: SSP/PI)

Segundo a polícia, no assalto realizado na Joalheria Diamantina, o acusado agiu em conluio com o advogado Ângelo Diógenes, que foi preso  com material explosivo e chegaram a levar  uma quantia de joias equivalente a R$ 1 milhão.

Rivaldo está custodiado na sede da GRECO e será encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina.

Corpo de jovem desaparecido na Lagoa do Portinho é localizado

Corpo de jovem desaparecido na Lagoa do Portinho é localizado

Maria Luiza Carneiro caiu de um jet-ski durante passeio e não usava colete salva-vidas. A outra vítima foi resgatada com vida e condutor do veículo fugiu.

O Corpo de Bombeiros de Parnaíba conseguiu localizar por volta das 16 horas da tarde de ontem (16) o corpo da jovem Maria Luiza Carneiro, 21 anos, que desapareceu após cair de um jet-ski durante um passeio na Lagoa do Portinho. O acidente aconteceu no último domingo (15) e uma das vítimas já havia sido resgatada com vida.


Leia também:

Mulher desaparece após acidente com jet ski na Lagoa do Portinho 

Lagoa do Portinho é transformada em área de proteção ambiental 

Banhistas e embarcações devem respeitar áreas restritas no mar 


A ocorrência se deu após um homem, que ainda não foi identificado, ter convidado as duas jovens, uma de 16 anos e Maria Luiza, 21, para dar um passeio na moto aquática. Durante o passeio, ele teria feito manobras com o jet-ski, o que acabou fazendo com que as vítimas caíssem na água.


Foto: Blog do Pessoa

De acordo com o major Rivelino Moura, comandante do Corpo de Bombeiros do Litoral, o corpo foi localizado após um intenso trabalho de busca feito por mergulhadores. “Como a jovem não usava colete salva-vidas, ela acabou se afogando e afundando, o que dificultou um pouco a busca. Usamos inclusive embarcações e até contamos com a ajuda dos populares que se mobilizaram para tentar encontra-la”, relata o major.

O condutor do jet-ski se evadiu do local e a Capitania dos Portos recolheu o veículo. Dentro dele foram encontrados documentos de um homem identificado como Thiago Carvalho Verçosa, mas a polícia ainda não confirmou se ele seria o mesmo que conduzia a moto aquática quando ocorreu o acidente.

Três pessoas são presas acusadas de adotarem bebê ilegalmente

Três pessoas são presas acusadas de adotarem bebê ilegalmente

Segundo a PM, a mãe biológica da criança era mantida em cárcere privado em uma casa no Porto Alegre e o bebê estava com um casal no Santa Luzia.

Policiais do 17º BPM de Teresina prenderam três pessoas acusadas de envolvimento na adoção ilegal de um recém-nascido no loteamento Porto Alegre, na zona Sul. Segundo os policiais, eles teriam tomado o bebê da mãe biológica e o registrado como filho de pais ilegítimos. A mãe da criança, identificada pelas iniciais N.S.C, estaria sendo mantida em cárcere privado.

A ação começou por volta do meio dia de ontem (16), quando os policiais receberam a denúncia por meio do Copom. Eles se deslocaram para a residência, localizada na Rua J. Claudino, e adentraram no local. Lá, a guarnição encontrou a mãe do bebê, que relatou estar ali contra sua vontade ,sendo mantida em cárcere privado.


Foto: Divulgação/PM-PI

Segundo a PM, ela disse ainda que a dona da casa teria roubado sua filha, de apenas 15 dias de vida, registrando a criança na Maternidade do Promorar com o nome da mãe alterado para uma terceira pessoa.  Questionada sobre isso, a proprietária do imóvel disse que a criança estava em uma casa no bairro Santa Luzia, para onde os policiais se dirigiram.

Lá, os PM’s constataram que a criança estava mesmo na residência, acompanhada de um casal, que não teve o nome informado. Os dois foram conduzidos para a Central de Flagrantes junto com a proprietária da casa onde N.S.C estava sendo mantida em cárcere. A delegada Lucivânia Vidal, coordenador da delegacia, disse que já abriu um inquérito.

“Houve um ilícito e já iniciamos o procedimento, inclusive acionando o Conselho Tutelar, que está acompanhando tudo. O flagrante foi feito e agora vamos encaminhar todo o processo ao juiz que vai decidir na audiência de custódia se o casal e a dona da casa onde a mãe da criança estava continuarão presos ou se vão responder em liberdade”, explicou a delegada.

Criança é encontrada desacordada com marcas de agressão em Jaicós

Criança é encontrada desacordada com marcas de agressão em Jaicós

O menino estava em um ponto de ônibus próximo ao povoado Gameleira, na zona Rural do Município. Polícia investiga.

Uma criança de apenas 12 anos de idade, que não teve o nome informado pela polícia, foi encontrada desacordada e com várias marcas de agressão física pelo corpo no começo da tarde de ontem (16), no Povoado Gameleira, a 12 quilômetros da cidade de Jaicós. O menino é residente na localidade e foi encontrado por populares próximo a um ponto de ônibus.

Acionada, a Polícia Militar esteve no local para colher as primeiras informações. De acordo com o tenente Edivan Machado, comandante da 3ª Companhia de Policiamento de Jaicós, o adolescente teria pego uma carona em uma caminhonete de sua residência até o ponto de ônibus onde foi encontrado., mas não se sabe ainda quem estava conduzindo o veículo.


De acordo com o tenente Edivan Machado, o jovem teria pegado carona em uma caminhonete até o ponto de ônibus, mas ainda não se sabe quem dirigia o veículo - Foto: Divulgação/PM-PI

“Depois de um tempo, ele foi encontrado desacordado e com ferimentos visíveis na parte da cabeça, estava sangrando pelo ouvido e pelo nariz. Ele foi achado por uma outra jovem que passou pelo local. Os familiares chegaram lá depois e a informação que eles passaram foi que o menino não tinha nenhuma rixa, mas acreditamos que para ter havido uma lesão corporal daquela gravidade, deve ter havido uma discussão antes”, relatou o tenente.

O menino foi encaminhado para o Hospital Regional Florisa Silva, em Jaicós, em estado grave. A Polícia Militar fez diligências na região onde ele foi encontrado, mas nenhuma prisão foi efetuada ainda. O caso foi encaminhado para a Delegacia Regional, que abriu uma investigação.

16 de setembro de 2019

Preso por estelionato vendia carros com restrição judicial

Preso por estelionato vendia carros com restrição judicial

Gilberto Maiony foi preso nesta segunda. Suspeito aplicava golpes envolvendo cartas de crédito e prejuízo somava R$ 1 milhão.

Foi preso na tarde desta segunda-feira (16) um homem identificado como Gilberto Maiony Lima Torressuspeito de aplicar golpes  financeiros envolvendo consórcios em Teresina. 

A prisão foi feita pela Força Tarefa da SSP, na região do bairro Santa Teresa, zona rural da capital. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Piauí, os golpes aplicados pelo suspeito totalizam cerca de R$ 1 milhão.


“Tivemos a informação de que ele estaria vindo para a cidade de Teresina e desde as primeiras horas que a gente estava na barreira da Santa Teresa, e por volta do meio dia ele adentrou a Teresina, nós realizamos a abordagem, reconhecemos ele, demos voz de prisão  e conduzimos ele até a Central de Flagrantes”, explica o coordenador da Força Tarefa, Major Audivam Nunes.

Segundo o coordenador da Força Tarefa, o suspeito começou a ser investigado após trocar tiros com os policiais militares há cerca de 2 semanas atrás, na região da Ceapi (antiga Ceasa, na zona sul de Teresina). Com o suspeito, a polícia apreendeu pelo menos 35 talões de cheques assinados, mais de 30 cartas de crédito.


Hilton Barbosa e Major Audivam Nunes, da Força Tarefa da SSP. (Foto: Francisco Bezerra/ODiaTV)

“É um indivíduo de alta periculosidade, indivíduo inteligente, só em uma instituição financeira aqui em Teresina ele teria mais de um milhão em carta de crédito pra receber”, completa o major Audivam.

Ainda segundo a polícia, o homem atuava na capital e no interior do Piauí e também em algumas cidades do Ceará. O caso foi investigado pela Decortec (Delegacia Estadual de Crimes contra a Ordem Tributária), que descobriu um dos modos de atuação do suspeito, que comprava e vendia automóveis com restrição utilizando cartas de crédito.

“A investigação está sob sigilo, mas ele fazia venda de carros que estava com restrição judicial”, afirma Hilton Barbosa.

O “rastro” deixado pelo suspeito foi confirmado pelo banco onde ele tentou realizar um saque  de grande quantia, o que despertou a suspeita dos funcionários que acionaram a polícia. Ele será encaminhado para o sistema prisional do estado.

Marcelo Castro defende criação de imposto nos moldes da CPMF

Marcelo Castro defende criação de imposto nos moldes da CPMF

Senador afirmou que o imposto daria mais segurança para as transações bancárias, e iria coibir a prática de crimes


Senador Marcelo Castro defende criação de imposto nos moldes da CPMF. (Foto: Elias Fontenele/O Dia)

O senador Marcelo Castro (MDB) defende a criação de um novo imposto federal sobre transações financeiras, nos moldes da antiga CPMF (Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira), extinta em 2007, e que vem sendo discutida pela equipe econômica do Governo Federal.

Segundo o parlamentar piauiense, a tributação de movimentações dará mais segurança às transações financeiras no país, coibindo a prática de crimes. 


“Sou a favor desse imposto sobre pagamentos, principalmente porque ele é um chip que se coloca no dinheiro, por onde ele anda, você sabe por onde ele andou. Tem muita gente que não quer que seu dinheiro seja rastreado”, argumenta.


Leia também:

CPMF pesaria mais no bolso da população de baixa renda, diz economista 

Jair Bolsonaro demite secretário especial da Receita Federal 



A CPMF foi um imposto que cobria gastos do governo federal com projetos de saúde e que tinha 0,38% de alíquota máxima em cada operação. Sua recriação chegou a ser considerada em 2015, pela então presidente Dilma Rousseff, o que não se concretizou.

Pela proposta do atual Governo, o Imposto sobre Transações Financeiras (ITF) irá substituir gradativamente a contribuição patronal sobre salários, a Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL) e, também, o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

PRF recolhe 45 veículos irregulares durante o final de semana

PRF recolhe 45 veículos irregulares durante o final de semana

Ações fazem parte da Operação Expoagro e tem o objetivo de reduzir a quantidade de acidentes na região onde acontece o evento.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou neste fim de semana a Operação Expoagro, para retirar de circulação veículos e condutores irregulares junto aos órgãos de fiscalização e garantir a segurança do trânsito nas proximidades do local onde acontece o evento. A Expoagro é uma iniciativa da Associação de Criadores do Norte do Piauí e acontece no Parque de Exposição Carolina Freitas Lira.


Leia também:

Em Campo Maior, PRF apreende R$ 1 mi em cigarros contrabandeados 

PRF apreende coletivo com placa clonada na BR 316 em Teresina 

Feriado: PRF faz mil testes do bafômetro e prende cinco pessoas 


Durante os dois dias de operação, foram fiscalizados 413 veículos e 495 pessoas. A PRF recolheu 41 veículos irregulares, dentre eles 28 motocicletas. Foram feitos 203 testes de alcoolemia que resultaram em dez autuações em flagrante de condutores dirigindo ou pilotando sobre efeito de álcool. Quatro pessoas acabaram sendo presas por conta dos altos níveis de etanol acusados no exame.


Condutor foi preso por estar pilotando moto sob efeito de álcool - Foto: PRF/PI

Em Piripiri, um homem de 29 anos fez o teste e bafômetro acusou a presença de 0,46 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Na mesma cidade, um outro homem, desta vez de 30 anos, foi flagrado conduzindo uma motocicleta sob efeito de álcool. O teste realizado acusou 0,72 miligramas de álcool por litro de ar expelido. 

A terceira prisão foi de um homem de 44 anos que também conduzia uma motocicleta sob efeito de bebida. No teste de bafômetro ficou constada a presença de 0,97 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Por fim, um homem de 46 anos acabou sendo imediatamente detido após seu teste de alcoolemia acusar a presença de 1,10 miligramas de álcool por litro de ar expelido


Além dos testes de alcoolemia, a PRF conseguiu recuperar dois veículos e devolvê-los para seus donos. “A exposição concentrou uma grande quantidade de pessoas e houve um aumento do fluxo de veículos na BR-343. Nosso objetivo maior era reduzir totalmente os acidentes que pudesse fazer vítimas graves e fatais, além de evitar situações que pudesse resultar no cometimento de crime”, finalizou o inspetor Alexandro Lima, porta-voz da PRF.

Mulher desaparece após acidente com jet ski na Lagoa do Portinho

Mulher desaparece após acidente com jet ski na Lagoa do Portinho

Duas mulheres caíram do jet ski na noite de domingo (15). Uma adolescente de 16 anos foi salva por banhista, que realizou resgate a nado.

Duas jovens foram vítimas de um acidente de jet ski na noite deste domingo (15) na Lagoa do Portinho, ponto turístico localizado na cidade de Parnaíba, litoral do Piauí. Uma das vítimas foi resgatada com vida e a outra continua desaparecida.

O acidente ocorreu após um homem, ainda não identificado, ter convidado as duas jovens, uma de 16 anos e outra de 21 anos, para dar um passeio de jet ski. De acordo com o relato de populares aos bombeiros, o homem teria realizado algumas manobras no veículo, fazendo com que as vítimas caíssem na água.


Leia também:


No momento do acidente, apenas o condutor do jet ski utilizava colete salva vidas. Após o ocorrido, o homem se evadiu do local e não prestou socorro às vítimas. Uma das jovens, a adolescente de 16 anos, foi resgatada por um popular ainda com vida. Já a outra, identificada como Mara Luiza Carneiro, de 21 anos, ainda não foi encontrada.

Amigas ficam desesperadas ao receberem notícia de desaparecimento. (Foto: Reprodução/Blog do Pessoa)

“Um popular viu a situação e nadou até o local, aproximadamente 100 metros, e retirou uma das vítimas. Quando ele retirou a adolescente, ela informou que a amiga também estava lá. Então os populares se mobilizaram, tentaram realizar buscas com embarcações, mas não encontraram o corpo da vítima”, informou o tenente Thompson Thauzer, do Corpo de Bombeiros.

O tenente chama atenção para o resgate feito pelo banhista, identificado apenas como Raimundo Filho. Para os bombeiros, o trabalho do popular foi valioso, pois conseguiu evitar que a tragédia fosse ainda maior. 

“Ele realizou o salvamento da adolescente a nado. Para nós, bombeiros, é um trabalho muito desgastante, e ele ainda fez tudo sozinho, colocando em risco a própria vida porque a vítima estava desesperada. Para nós é o mais valioso de toda essa situação”, frisou o tenente. 

Segundo o tenente, as equipes dos bombeiros receberam as primeiras informações sobre o acidente por volta das 18h52 deste domingo, 20 minutos após o ocorrido, e chegaram ao local em menos de 10 minutos. 

A Capitania dos Portos também foi acionada e fez o recolhimento do jet ski. Dentro do veículo, foram encontrados documentos de um homem identificado como Thiago Carvalho Verçosa, contudo ainda não há confirmação se o portador dos documentos é o mesmo que conduzia o jet sky no momento do acidente.

Os bombeiros suspenderam a busca durante a noite por falta de visibilidade e retomaram por volta das 6h30 desta segunda-feira. Até o momento, o corpo da jovem ainda não foi localizado.

15 de setembro de 2019

Juíza marca julgamento de acusado de matar Lara Fernandes

Juíza marca julgamento de acusado de matar Lara Fernandes

Eduardo Pessoa Araújo é acusado de assassinar com um disparo de arma de fogo a jovem em novembro de 2018.

A juíza Maria Zilnar Coutinho Leal, da 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri, marcou para o dia 15 de outubro o julgamento de Eduardo Pessoa Araújo, acusado de assassinar com um disparo de arma de fogo a jovem Lara Fernandes, em novembro de 2018. A informação foi confirmada pelo Tribunal de Justiça do Piauí.


Leia mais:


Eduardo Pessoa Araújo será julgado pelo Tribunal do Júri e poderá ser condenado pelo crime de homicídio qualificado. Segundo as investigações policiais, o réu mantinha um relacionamento amoroso extraconjugal com a vítima.

De acordo com depoimentos de testemunhas durante a audiência de instrução e julgamento, a vítima estava tentando se afastar do acusado e terminar o relacionamento devido ao ciúmes e às agressões sofridas.

Lara Fernandes foi morta com disparo de arma de fogo. (Foto: Arquivo Pessoal)

"O acusado, contudo, não aceitava o término do relacionamento, chegando a proferir insistentemente diversas ameaças de morte contra a vítima, bem como a agredi-la fisicamente", constata a denúncia do Ministério Público.

Segundo o documento, o acusado teria buscado a vítima na casa onde estava hospedada no dia 06 de novembro de 2018, por volta das 19h. Os dois permaneceram conversando dentro do carro do acusado e em seguida saíram juntos.

O corpo de Lara Fernandes foi encontrado na manhã seguinte nas margem direita do Rio Parnaíba, com um disparo a queima roupa na região da cabeça.

Durante a audiência, o acusado chegou a confessar que mantinha um relacionamento com a vítima, mas negou ser o autor do crime.

Eduardo Pessoa é acusado do crime de homicídio qualificado por motivo fútil, sem possibilidade de defesa da vítima e contra a mulher por razões da condição de sexo feminino (feminicídio). Caso seja considerado culpado, o réu poderá ser condenado a reclusão, de 12 a 30 anos.


Polícia apreende 31 tabletes de drogas dentro de ônibus em Oeiras

Polícia apreende 31 tabletes de drogas dentro de ônibus em Oeiras

Segundo informações da Polícia Civil, a droga avaliada em R$ 350 mil estava escondida em um ônibus vindo da cidade de São Paulo.

Durante operação realizada na manhã deste sábado (14), a Polícia Civil, por meio da 3ª Delegacia Regional de Picos e com o apoio da  Delegacia Regional de Oeiras, conseguiu apreender 31 tabletes de entorpecentes na cidade de Oeiras, a 271 km de Teresina.


Leia também:

Segundo informações da Polícia Civil, a droga avaliada em R$ 350 mil estava escondida em um ônibus vindo da cidade de São Paulo e que tinha como destino a cidade de Picos. Nos tabletes haviam substâncias análogas a cocaína e maconha.


Após verificar os bilhetes de passagem, foi verificado que a droga pertencia a um casal de passageiros, identificado como Francisco Jeferson de Moura Carvalho e Cícera Wiane da Silva Sá. A dupla foi presa em flagrante por tráfico interestadual de drogas.

De acordo com a Polícia, as constantes apreensões apontam as cidades de Picos e Oeiras como rotas bastante utilizadas para o transporte ilícito de entorpecentes no Piauí.


Réu é condenado a 24 anos de prisão por feminicídio

Réu é condenado a 24 anos de prisão por feminicídio

Acusado responderá em regime fechado pelo crime de homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, emprego de meio cruel e feminicídio.

O Tribunal do Júri condenou, na última quinta-feira (12), um homem identificado como José Elesandro Ferreira da Silva a 24 anos de reclusão pelo crime homicídio triplamente qualificado por motivo torpe, emprego de meio cruel e feminicídio


Leia mais:

Mulher é morta com 7 facadas e ex-companheiro é preso pelo crime 


O réu era acusado de ter matado a ex-esposaLucimara Gomes Ferreira Costa, na frente dos três filhos, em junho de 2018, na cidade de São Raimundo Nonato, a 522 km de Teresina.

Segundo informações do Ministério Público, a Justiça negou ao réu o direito de recorrer em liberdade, tendo o sentenciado sido preso imediatamente e conduzido à penitenciária de Vereda Grande, situada na cidade de Floriano, para início do cumprimento de sua pena.

 

A vítima, Lucimara Gomes, e o ex-companheiro condenado por feminicídio. (Foto: Arquivo Pessoal)

De acordo com a denúncia do MP, o acusado foi motivado exclusivamente por vingança, pois a vítima não aceitou uma reconciliação. O crime aconteceu presença da mãe da vítima e de seus três filhos, dos quais José Elesandro é pai. 

Na época do crime, a delegada Cíntia Verena informou ao O Dia que a vítima e o agressor chegaram a travar luta corporal, após uma discussão. Nesse momento, ele teria desferido sete golpes na região do tronco da ex-companheira.

"Em seguida, ele se autolesionou como que para manipular a cena do crime e dar a entender que a vítima o havia agredido antes", informou a delega na época.

Além da prisão, José Elesandro deverá reparar danos, em favor dos herdeiros da vítima, no valor de R$ 50 mil.

14 de setembro de 2019

Piauí compromete 50% de sua Receita com dívidas

Piauí compromete 50% de sua Receita com dívidas

A Sefaz avalia que ainda não há previsão de como ficará o percentual, após os novos empréstimos serem aprovados

O estado do Piauí compromete atualmente 50,46 % de sua Receita Corrente Líquida com o pagamento de sua dívida consolidada. A informação consta no texto das mensagens de autorização das novas operações de crédito, encaminhadas à Assembleia Legislativa no início da semana. A receita corrente líquida é todo o recurso que entra na conta do governo estadual e com a qual ele deve administrar as despesas.

O percentual colocado no documento não leva em consideração as quatro novas operações de crédito, que juntas somam mais de R$ 3 bilhões. A expectativa é que uma parcela ainda maior da Receita Corrente Líquida, que corresponde à soma da arrecadação e das transferências constitucionais, passe a ser usada no pagamento das dívidas do estado. Ainda de acordo com o documento enviado ao legislativo, o Piauí alcançou o equilíbrio na relação entre receita líquida e dívida consolidada no ano de 2008, variando entre os percentuais de 40% a 60%.

Em 2002, primeiro ano da série histórica apresentada no relatório de gestão fiscal da Secretaria de Fazenda, o Piauí chegou a gastar 164 % de sua Receita Corrente Líquida com o pagamento da Dívida Consolidada Líquida.

O que diz a Sefaz

Procurada pela reportagem, a Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) informou, através de sua assessoria de comunicação, que ainda não há uma projeção do impacto que as novas operações de crédito vão causar na relação entre Receita e despesas do estado.

13 de setembro de 2019

Suspeito de roubar R$ 300 mil é morto em troca de tiros

Suspeito de roubar R$ 300 mil é morto em troca de tiros

Furto aconteceu na última quinta-feira (12) em residência na zona leste de Teresina. Suspeito atirou quando notou a presença da polícia.

Um homem identificado como Antônio Lucas de Sousa foi preso e outro, que não teve a identidade revelada, foi morto após trocar tiros com a Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (13) no Bairro Teresina Sul, na zona Sul da Teresina.

De acordo com delegado do 12º Distrito Policial, Ademar Canabrava, a dupla é suspeita de roubar, na quinta-feira (12), uma senhora que guardava uma quantia de cerca de R$ 300 mil em sua residência em Teresina. O delegado classificou o crime como “parada dada”.

“Ontem uma senhora fez uma ocorrência informando que foi vítima de roubo na sua residência. Ela guardava uma quantia de 300 mil reais. Só estava ela e a empregada em casa quando foram abordadas por dois elementos. Os suspeitos arrebentaram o portão e já chegaram perguntando onde era que estava o dinheiro. Na gira policial, chamamos de parada dada, porque provavelmente já sabiam que quantia estava lá”, disse.


O delegado Canabrava é quem comanda as investigações sobre o caso. (Foto: Chico Filho/ODIA)

O delegado informou ainda que foi realizado o procedimento de investigação que culminou com a prisão de Antônio Lucas, no município de Monsenhor Gil. Ele então teria informado onde ficava a residência para o comparsa, mas quando o suspeito avistou os policiais se aproximando da casa teria disparado contra os agentes, que revidaram.

Na troca de tiros, o homem que não teve a identidade revelada acabou sendo atingido e foi levado em estado grave para o Hospital e Urgências de Teresina (HUT). Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Na residência onde o homem foi alvejado, a polícia conseguiu recuperar R$ 56.600, armas e munições, mas segue ainda em diligências para tentar capturar os outros integrantes.

“Os dois são indivíduos considerados de alta periculosidade. Estamos ainda em diligências para encontrar o mandante do crime, se há outros envolvidos e tentar descobrir quem dos dois foi o autor da parada dada”, finalizou Ademar Canabrava.



Condutora perde controle e carro capota após colisão na Pires de Castro

Condutora perde controle e carro capota após colisão na Pires de Castro

A motorista ficou levemente ferida e foi socorrida pelo Samu. O carro dela capotou e bateu e ficou preso na traseira de um ônibus do transporte coletivo.

Quem precisar passar pela Avenida Pires de Castro, na manhã de hoje (13) encontrará trânsito lento e congestionado. Isto por causa de um acidente que aconteceu no cruzamento com a Rua Olavo Bilac. Um veículo modelo HB-20 branco com placa de Teresina colidiu na lateral de um Gol da mesma cor e acabou capotando e ficando preso na traseira de um ônibus coletivo do Consórcio Theresina.


Leia também:

Homem morre em acidente de motocicleta na zona Sul de Teresina 


A condutora do veículo, identificada como sendo a senhora Maria do Socorro Veloso, 68 anos, teria perdido o controle da direção após tentar desviar de um outro carro que invadiu sua pista. Após bater no Gol, o carro dela virou no ar e bateu no ônibus.

Quem explicou a dinâmica do acidente foi Felipe Rodrigues, condutor do Gol no qual Socorro bateu. “Eu vinha da Olavo Bilac e encostei atrás do ônibus, quando só senti o impacto da batida na lateral do meu carro e, no mesmo instante, o veículo que bateu capotou. Ele girou uma vez e parou na traseira do ônibus, ficando preso lá”, relata.


Carro capotou e foi parar na traseira de um ônibus coletivo - Foto: Maria Clara Estrêla/O Dia

Apesar da gravidade da batida e da situação do veículo Maria do Socorro sofreu apenas ferimentos leves. Ela passa bem e estava sendo atendida em uma ambulância do Samu. O Corpo de Bombeiros teve que ser acionado para retirar o carro de Socorro da traseira do ônibus. Eles precisaram serrar a lataria do veículo para desprende-lo do coletivo.


Para o cabo Atevaldo, do 1º BPM, foi sorte o veículo de Maria do Socorro ter batido na traseira do ônibus. “Ele fez um giro e parou. Se não tivesse o coletivo na frente para pará-lo, provavelmente o carro teria saído capotando pela via e a gravidade do ocorrido podia ter sido bem maior”, explica.

Policiais da Ciptran e agentes da Strans também já estavam no local para orientar os motoristas para os desvios e garantir a fluidez do trânsito

Bebê baleado na cabeça morre após uma semana na UTI

Bebê baleado na cabeça morre após uma semana na UTI

Criança de apenas um ano foi baleada após bandidos matarem o pai e deixarem a mãe ferida. Caso aconteceu na zona Sul.

Um bebê de apenas um ano e quatro meses, baleado na cabeça no último dia 04, morreu após oito dias internado na Unidade de Terapia de Intensiva (UTI) do Hospital de Urgências de Teresina. 

A criança já havia passado por uma cirurgia neurológica para descompressão do crânio e o seu estado de saúde era considerado gravíssimo.

Bebê estava internado no HUT. (Foto: Arquivo O Dia)


Leia também:

Criança baleada na cabeça passa por cirurgia; Pai foi executado 


A criança foi alvo de disparos de arma de fogo, após o pai ter sido executado e a mãe baleada ao chegarem em casa no bairro Bela Vista, zona Sul de Teresina. 

A mãe do bebê, atingida no braço direito, também foi socorrida e encaminhada ao HUT, mas recebeu alta no mesmo dia.

Segundo informações do 6º Batalhão da Polícia Militar, a família chegava em casa por volta das 23 horas quando foi surpreendida por um bando em um carro. 

O pai foi atingido por vários disparos e veio a óbito ainda no local do crime. Para a PM, o caso tem características de execução, já que nenhum objeto de valor foi levado das vítimas.

O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

12 de setembro de 2019

Acusado de participar de chacina é executado em frente à própria casa

Acusado de participar de chacina é executado em frente à própria casa

Antônio Ladislau de Sousa já tinha sido preso pelo envolvimento na cachina em Alagoinha do Piauí. O homem morreu nesta quinta-feira (12), com pelo menos três tiros na cabeça.

Um homem identificado como Antônio Ladislau de Sousa, de 45 anos, morreu após ser atingido por pelo menos três disparos na cabeça, no município de Alagoinha do Piauí, a 297km de Teresina. Os suspeitos fugiram em uma motocicleta e ainda não foram identificados.

____________________________________________________________________________________________________________

Leia maisEnvolvido na morte de Emídio Reis é executado com a mãe idosa e cuidadora 

____________________________________________________________________________________________________________

O crime aconteceu por volta das 9h30 desta quinta-feira (12). De acordo com informações repassadas pelo delegado da Polícia Civil de Pio IX responsável pelo caso, Aureliano Barcelos, o homem foi morto em frente à casa onde morava no Centro de Alagoinha do Piauí.

“Dois indivíduos estavam sem capacete em uma moto preta, chegaram na vítima e o garupeiro efetuou vários disparos. Pelo menos três tiros acertaram a região da cabeça dele. A vítima não resistiu e morreu no local”, contou.

Antônio Ladislau de Sousa, de 45 anos, foi executado na manhã desta quinta-feira (12)

Ainda segundo o delegado, Antônio Ladislau já tinha passagens pela polícia e estava sendo investigado por homicídios. A polícia já coletou imagens de câmeras de segurança e permanece em diligências na tentativa de capturar os suspeitos do crime.

“Nós já temos imagens de câmeras de segurança que mostram a ação dos executores e, portanto, estamos trabalhando na identificação. O que sabemos é que eles não são do município, porque os suspeitos agiram sem capacetes e conversando com populares e com os familiares da vítima percebemos que ninguém os conhece na região” disse.

O delegado disse ainda que o celular da vítima foi apreendido e que nos próximos dias deve ser quebrado o sigilo telefônico para averiguar se ele ameaçou ou foi ofendido por alguém. Aureliano informou ainda que Antônio Ladislau de Sousa foi preso acusado de participação na chacina em Alagoinha do Piauí em 2017 .

“O Ladislau foi denunciado e preso pela cachina em Alagoinha no ano de 2017. Ele estava morando no Mato Grosso, chegou ao Piauí recentemente e, pelo o que parece, só esperaram ele chegar no município”, concluiu.

Dupla rende família e rouba R$ 100 mil em joias e carro de luxo

Dupla rende família e rouba R$ 100 mil em joias e carro de luxo

O veículo da família, um Kia Sorento, foi encontrado na noite de ontem (11) em um matagal nas proximidades de Altos.

Uma família residente no bairro de Fátima, zona Leste de Teresina, foi alvo da ação de uma dupla de criminosos na última terça-feira (10). O dono da residência, que teve a identidade preservada, foi rendido pelos dois suspeitos ao abrir o portão de casa durante a manhã e teve vários objetos pessoais roubados, incluindo o veículo da família.


Leia também:

Piauí teve o menor investimento por habitante na Segurança Pública em 2018 


Veículo roubado pelos assaltantes. (Foto: Chico Filho/O Dia)

A testemunha revelou para a Polícia Civil que, ao abrir o portão da residência para esperar seus funcionários, foi surpreendida pela dupla que utilizava uma arma de fogo e uma faca. Após ser rendido, o proprietário conta que foi levado para dentro de casa e ofendido pelos assaltantes com palavras de baixo calão. 

“Esses dois elementos adentraram em um imóvel e fizeram o terror com os moradores da residência. Vários objetos foram roubados incluindo o veículo, dinheiro e joias”, informa o delegado Odílio Sena, 21º Distrito Policial.

Entre os pertences roubados pela dupla estão notebooks, roupas, celulares, aparelhos de videogame, R$ 2 mil, U$ 2 mil, cerca de R$ 100 mil em joias e um veículo de luxo do modelo Kia Sorento, usado pelos assaltantes para fugir do local do crime.

Veículo roubado pelos assaltantes. (Foto: Chico Filho/O Dia)

Após uma denúncia anônima, o veículo foi encontrado na noite de ontem (11), em um matagal nas proximidades do município de Altos. O local onde o carro foi abandonado pelos assaltantes fica em uma clareira de difícil acesso.

“É um lugar ermo, distante. A distância de Teresina para o local é de 60 km. É um lugar de difícil acesso e só vem quem conhece. Provavelmente os assaltantes são da região, não sei confirmar ainda porque as investigações mal começaram, mas é um bom indicativo”, afirma o delegado.

O veículo encontrado foi periciado em busca de evidências que levem à prisão dos envolvidos no crime. Até o momento a dupla não foi localizada pela Polícia e os demais objetos roubados das vítimas ainda não foram recuperados.

Piauí teve o menor investimento por habitante na Segurança Pública em 2018

Piauí teve o menor investimento por habitante na Segurança Pública em 2018

Segundo os dados do Anuário Brasileiro, o Estado destinou apenas R$ 228,60 do investimento total na segurança para cada morador do Piauí

O Piauí foi o estado brasileiro que menos teve gastos por habitante no setor da Segurança Pública ao longo do ano de 2018. É isto o que aponta o Anuário Brasileiro de Segurança, divulgado esta semana pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. De acordo com a publicação, no ano passado, o Governo destinou para cada piauiense somente R$ 228,60 de seu investimento total na segurança.


Leia também:

Com 9,5 mil roubos em seis meses, Polícia lança programa de combate 

A cada 24 horas, um estupro é registrado no Piauí, diz Ministério 

PI: vítimas de feminicídios são mortas aos domingos e dentro de casa 

Piauí registrou 289 homicídios no primeiro semestre, diz Sinpolpi 


A taxa do Estado foi quase 50% menor que o custo por brasileiro, analisando-se o país como um todo. É que para manter o aparato de segurança pública no Brasil, o governo gastou R$ 409,66 por habitante. Foi o Estado do Acre o que mais investiu per capita contra a violência: R$ 674,08.

Observando-se a evolução das despesas com o setor da Segurança Pública nos anos de 2011 a 2015, o Piauí teve uma redução nos recursos destinados para o setor. Em 2011, por exemplo, o Estado investiu na segurança pública um montante de R$ 362,84 milhões; em 2012, esse montante reduziu para R$ 354,60 milhões. 


Em 2018, foram destinados R$ 79 milhões para o policiamento do Estado - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Já em 2013, a redução foi ainda maior, chegando a R$ 127,80 milhões, para em 2014 cair ao patamar de R$ 75,64 milhões destinados para a segurança. Apenas em 2015 é que o Estado voltou a aumentar os recursos para o setor, com um montante total de R$ 266,61 milhões. 

A partir de 2013, houve um aumento nos recursos destinados para a segurança no Piauí, com investimentos da ordem de R$ R$ 751 milhões em 2016; R$ 740 milhões em 2017, chegando, por fim, a R$ 746 milhões em 2018. Foram recursos investidos em aparelhamento das Polícias Civil e Militar e custeios com operações policiais.

Conforme o Anuário, foram destinados, no ano de 2018, R$ 79 milhões para o policiamento, quase R$ 30 milhões a mais que em 2017; para a Defesa Civil foram destinados R$ 31 milhões em 2018 e para o setor de informação e inteligência não foram feitos repasses no ano passado, mas, em 2017, este setor recebeu R$ R$ 2.560,52.


Em 2018, o Governo destinou para cada piauiense somente R$ 228,60 de seu investimento total na segurança


Apesar do baixo investimento, Piauí é o estado mais seguro do Nordeste

Apesar de ter tido o menor investimento per capita na área da Segurança Pública ao longo do ano passado, o Piauí conseguiu chegar ao posto de Estado mais seguro do Nordeste. Conforme o Anuário Brasileiro, o Estado possui a sexta menor taxa de mortes violentas do país, com 18,9 casos para cada grupo de cem mil habitantes, é a menor de toda a região. Para efeito de comparação, o Estado de Alagoas possui uma taxa de mortes violentas duas vezes maior que a piauiense (45,8 para cada cem mil pessoas).

Em números absolutos, o Piauí registrou no ano passado um total de 617 mortes violentas intencionais, uma variação de menos 6,8% em relação às 653 registradas em 2017. Para o secretário de Segurança, Fábio Abreu, os números refletem a efetividade das ações planejadas das forças de segurança e a resposta do Estado à criminalidade.


Fábio Abreu diz que os números refletem a efetividade das ações planejadas das forças de segurança - Foto: O Dia

“Esses dados vêm a confirmar o que já afirmamos em relação a queda dos índices de criminalidade no Estado. Essa redução se dá principalmente pelas nossas ações voltadas no combate à violência, o que nos faz, neste momento, planejar atuações em outros campos da segurança”, finaliza.


Crimes contra o patrimônio aumentaram

Apesar de o Piauí ter registrado uma diminuição nos casos de morte violenta, houve aumento de 10,9% nos casos de roubo de veículos no Piauí, segundo o Anuário Brasileiro. Em 2017, foram contabilizados no Estado um total de 5.677 carros roubados de seus donos e, em 2018, esse número subiu para 7.098. A taxa no ano passado para este tipo de crime no Estado foi de 293,4 veículos roubados para cada grupo de cem mil.

Os roubos de veículos, no entanto, apresentam uma alta taxa de resolutividade. De acordo com o delegado Everton Ferrer, titular da Polinter, mais de 70% dos crimes que chegam à delegacia são solucionados e os veículos devolvidos aos seus donos. “O aumento no número de roubos é proporcional ao aumento das investigações, mas temos nas zonas Sul, Norte e extremo Leste áreas preocupantes para este tipo de crime”, pontua.

11 de setembro de 2019

Polícia prende traficante que escondia droga próximo a igreja

Polícia prende traficante que escondia droga próximo a igreja

Genro da suspeita também estaria envolvido nos delitos. "Maria Caceta", como era mais conhecida, foi levada para a Central de Flagrantes.

Uma mulher identificada com Maria do Carmo, mais conhecida como “Maria Caceta”, foi presa pela Polícia Civil nesta quinta-feira (11), em frente a Igreja São Francisco, no bairro Piçarreira, na zona Leste de Teresina. 

De acordo com a polícia, a mulher, que não teve a idade revelada, é acusada de tráfico de drogas na região. Ela foi presa em flagrante e escondia a droga próximo da igreja. 


A polícia disse ainda que essa é a segunda vez que “Maria Caceta” é presa pelo mesmo crime cometido. Na última vez, a prisão aconteceu próximo no bairro Ilhotas , no Centro da capital.

O coordenador do Grupo de Apoio Operacional (GAO), Joatan Gonçalves, relatou em entrevista que além da mulher, o genro dela está sendo procurado pelos policiais neste momento e que o seu filho e um neto menor de idade já foram detidos suspeitos pelos crimes de furtos e roubos em Teresina.   

“Em outras oportunidades prendemos um filho, um neto recentemente por prática de roubos e furtos com apenas doze anos de idade. A gente continua as diligencias com o intuito de tentar localizar os suspeitos”, disse.

Maria do Carmo foi encaminhada a Central de Flagrante para os procedimentos cabíveis.


Agentes do GAO durante diligência que prendeu a traficante. (Foto: Divulgação/GAO)

Irmãos piauienses morrem em acidente em rodovia da Bahia

Irmãos piauienses morrem em acidente em rodovia da Bahia

O veículo dos irmãos foi atingido na traseira por uma picape, perdeu o controle e colidiu com um caminhão, caindo em uma ribanceira.

Dois irmãos piauienses morreram ontem (10) em acidente registrado na BR-135, na cidade de Barreiras, na fronteira dos estados do Piauí e da Bahia. As vítimas foram identificadas preliminarmente como o dentista Taciano Rodrigues Ascenso, 35 anos, e a sua irmã, a professora Cassandra Denayde Rodrigues de Figueira Ascenso, 38 anos, ambos naturais de Cristalândia do Piauí. 


Leia também:

Médico morre ao colidir carro com caminhão de carga na BR-343 


Veículo caiu em uma ribanceira. (Foto: Reprodução/Portal Corrente)

Segundo informações de um site de notícias da região de Corrente, o dentista conduzia um veículo Prisma, próximo à ponte do Rio Branco, quando foi atingido na traseira por outro carro do modelo Strada. Taciano Ascenso teria, então, perdido o controle do veículo e colidido com um caminhão, que supostamente trafegava na contramão, caindo em uma ribanceira.

O dentista e a esposa (à esquerda) e a irmã (à direita). (Foto: Arquivo Pessoal)

A esposa do dentista Fabiana Louzeiro, também estava no veículo e ficou ferida. Ela foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e conduzida para o Hospital do Oeste, na cidade de Barreiras.

Os condutores do veículo Strada e do caminhão não sofreram ferimentos. A PRF esteve no local colhendo informações sobre o acidente. 


Caminhão carregado de pedras tomba e deixa cinco mortos no Piauí

Caminhão carregado de pedras tomba e deixa cinco mortos no Piauí

Três pessoas eram transportadas na caçamba do veículo, o que é proibido por lei. Veículo tombou ao subir serra.

Um acidente grave envolvendo um caminhão deixou cinco pessoas mortas no município de Coronel Dias, na BR-020, no Sul do Piauí, nesta terça-feira (10). Os mortos eram todos ocupantes do veículo, que transportava pedras de uso na construção civil.


Leia também:

Em alta velocidade, carro de médico invadiu pista contrária, diz PRF 

BR-343: Médico estava a caminho do trabalho quando sofreu acidente 

Médico morre ao colidir carro com caminhão de carga na BR-343

Irmãos piauienses morrem em acidente em rodovia da Bahia 


No momento do acidente, o caminhão transportava três passageiros na caçamba do veículo, junto com a carga, e outros dois na cabine, incluindo o condutor. 

Caminhão carregado de pedras tomba e deixa cinco mortos no Piauí. (Foto: Divulgação/PM)

"Três passageiros eram transportados na caçamba e isso é proibido por lei. Estamos ainda fazendo os levantamentos pra verificar o que teria causado a saída de pista com tombamento, possivelmente ou perda de controle pelo fato do condutor não conhecer a região ou defeito mecânico", afirma o inspetor Alexsandro Lima, da PRF.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, ao chegar no local os policiais detectaram que o caminhão tipo caçamba perdeu o controle ao subir a serra, saiu da pista de rolamento tombando em seguida. O veículo havia saído da cidade de São Raimundo Nonato e tinha como destino o município de São João do Piauí.

Até o momento a identidade das vítimas não foram divulgadas. A PRF ainda está levantando informações para definir as causas do acidente.

Em alta velocidade, carro de médico invadiu pista contrária, diz PRF

Em alta velocidade, carro de médico invadiu pista contrária, diz PRF

Perícia da Polícia Rodoviária Federal constatou que a colisão que matou Tovar Luz aconteceu na pista de sentido contrário ao que ele seguia.

Desde ontem, quando aconteceu o acidente que vitimou fatalmente o médico Tovar Vicente Luz, na BR-343, a PRF vinha afirmando que o que provocou a colisão foi uma ultrapassagem mal-sucedida por parte de um dos veículos envolvidos. A perícia da polícia confirmou que era o veículo de passeio, ou seja, o Honda Civic do médico Tovar Luz, que estava na pista contrária.


“Ficou constatado que a colisão aconteceu na pista em sentido crescente a Teresina, ou seja, do lado de quem vem de Altos para a Capital. Isso comprova que o veículo do médico estava seguindo na contramão, o que nos leva a confirmar que ele tentava uma ultrapassagem, quando foi pego de frente pelo caminhão de carga”, explicou o inspetor Alexandro Lima, porta-voz da Polícia Rodoviária Federal.


Leia também:

BR-343: Médico estava a caminho do trabalho quando sofreu acidente 

Médico morre ao colidir carro com caminhão de carga na BR-343 


A perícia não conseguiu confirmar a velocidade que o Honda Civic de Tovar desenvolvia, mas atestou que, pela quantidade de energia cinética dispensada na batida e pelo grau de amassamento dos veículos, ele estaria trafegando em velocidade incompatível para a rodovia. O máximo permitido na BR-343 é 110 Km/h. “Podemos afirmar com certeza que o veículo de menor porte se deslocava com excesso de velocidade e estava no meio de uma tentativa de ultrapassagem”, relatou.


Tovar Vicente Luz veio a óbito em um grave acidente na BR-343 - Foto: Reprodução/Facebook

Com relação ao caminhão de carga, ele estava carregado de sacos de cimento e vinha de Picos para Teresina. Seu condutor, identificado somente pelas iniciais W.P.M, 42 anos, estava regular junto aos órgãos de fiscalização. A perícia no tacógrafo do veículo atestou que ele se deslocava em uma velocidade de 60 km/h a 80 km/h.

O inspetor Alexandro diz que conversou com o motorista do caminhão pessoalmente. "Ele estava sóbrio, descansado, não havia qualquer sinal de embriaguez ou de alguma outra substância ilícita no organismo dele", disse. O inspetor Hélio Cipriano, que atendeu a ocorrência ontem e foi quem conduziu W.P.M ao posto da PRF, acrescentou que o motorista do caminhão havia saído de Picos por volta das 3 horas da madrugada e que ele havia dormido antes e conhecia a rodovia pela qual trafegava. "Ao que consta, era um condutor experiente e manifestou inclusive preocupação com a vítima e a família dele quando viu o que tinha acontecido", finalizou o inspetor.

10 de setembro de 2019

Homem é preso acusado de arrombar carros da Capital

Homem é preso acusado de arrombar carros da Capital

Com ele, foram encontrados pertencentes saqueados das vítimas e controles remotos que seriam usados na prática o crime.

A Polícia Civil cumpriu nesta terça-feira (10) um mandado de prisão preventiva contra um homem identificado com Erisvaldo Cavalcante Lima, de 33 anos, apontado como um dos maiores arrombadores de veículo em atuação em Teresina. Com ele, foram encontrados pertencentes saqueados das vítimas e controles remotos que seriam usados na prática o crime.

A prisão foi realizada por policiais civis do 12º Distrito Policial nas primeiras horas do dia, na residência do suspeito, localizada na zona Sul de Teresina.


De acordo com delegado Ademar Canabrava, titular do 12º DP, o suspeito preso agia próximo das vítimas.

“Quando você desce do veículo tem que conferir se realmente está fechado na maçaneta. Geralmente os criminosos estão próximo das vítimas e eles seguram a maçaneta da porta e o veículo não trava. Daí eles fazem o furto dentro do veículo e quando terminam os deixam normal. Quando eles (suspeitos) não conseguem por esse método, quebram o vidro e levam tudo que tem dentro”, explicou.


A polícia também trabalha com a hipótese de os suspeitos usarem um aparelho conhecido como “Chapolin” que é utilizado para bloquear travas de veículos. Dessa forma, eles conseguem arrombar diversos carros para saquear bens de valor.

Mandado de prisão contra Erisvaldo Cavalcante Lima. Reprodução: Polícia Civil

O delegado informou ainda que na residência do suspeito foi verificado um furto de energia e que o Grupo de Repressão ao Organizado (Greco) foi acionado. Além disso, há 18 mandados de prisão a serem cumpridos até o final do ano contra outras pessoas que teriam ligação a quadrilha especializada em arrombamento de veículos na capital.


Picos: Após operação da PF, pais temem fechamento de clínicas

Picos: Após operação da PF, pais temem fechamento de clínicas

Clínicas de reabilitação foram alvo de investigação da Polícia Federal por suspeita de desvio de R$ 17 milhões do SUS.

Após operação deflagrada pela Polícia Federal, na última quarta-feira (04), que apurou fraudes no credenciamento de Centros Especializados de Reabilitação na cidade de Picos junto ao Sistema Único de Saúde (SUS), pais de crianças atendidas nas clínicas investigadas temem que os filhos fiquem sem atendimento especializado. 


Leia também:

Isso porque, a investigação da Polícia Federal concluiu que as duas clínicas do município teriam desviado cerca de R$ 17 milhões entre fevereiro de 2016 e março de 2019, o que acarretou na suspensão do repasse de verbas para os Centros Especializados de Reabilitação.

Segundo apurou o O DIA, um dos alvos da operação é a Associação Piauiense de Atenção e Assistência em Saúde (APAAS), em Picos. Com repasses suspensos há seis meses, a clínica oferece atendimentos de otorrinolaringologia, oftalmologia, neurologia, neuropediatria, fisioterapia, entre outros.

Imagem mostra profissionais da APAAS e mães e pais de pacientes atendidos. (Foto: Divulgação/APAAS)

A mãe de uma das crianças atendidas na APAAS, Taylane Martins, faz um apelo para que a clínica não pare de atender pelo SUS e deixe os pacientes sem atendimento. Segundo ela, o seu filho recebe atendimento especializado na clínica duas vezes por semana.

“É muito difícil para nós ficarmos sem o centro de reabilitação. Eu sempre fui muito bem atendida. Pra gente ficar sem isso daqui é a mesma coisa que ficar sem água, ninguém consegue sobreviver sem água e nossos filhos não conseguem sobreviver sem o centro de reabilitação", lamenta.

Outra paciente atendida pela APAAS é Maria Vieira. A idosa afirma que além dela, o marido também faz fisioterapia no centro. “Meu apelo é para que não feche porque meu marido faz fisioterapia do joelho. A fisioterapia é para conservar e, se ele não fizer, ele não anda. Ele faz esse tratamento há 10 anos e não tem um lugar que a pessoa seja mais bem atendida do que nessa clínica", enfatiza.

A diretora da APAAS, Luciana Martins, explica que a clínica atende cerca de 1.100 pacientes advindos de 70 municípios da região de Picos. Segundo ela, a imbróglio se deve a um erro no cadastro de informações junto ao Ministério da Saúde, o que teria causado a auditoria no Centro e, consequentemente, a suspensão de recursos.

“Esse erro já foi corrigido, é uma inverdade que temos enxerto de pacientes. Estamos há seis meses com os repasses suspensos e até o presente momento continuamos os serviços, mesmo sem receber. Para nós, a visita da Polícia Federal foi uma surpresa porque a gente nunca se negou a entregar nenhuma documentação”, argumenta.

A diretora do centro alega que toda a documentação necessária já foi enviada ao Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus), ao Ministério da Saúde e à Coordenadoria da Pessoa com Deficiência. A clínica agora aguarda um parecer para definir se os atendimentos serão ou não suspensos.

Investigação

A Polícia Federal cumpriu 11 mandados de busca e apreensão nas cidades de Teresina, Picos e Brasília, bem como o bloqueio de veículos e valores em contas e ativos financeiros, no valor aproximado de R$ 14 milhões. Denomina Peloponeso, a operação apura desvios de recursos públicos da área de saúde. A suspeita é de que os Centros Especializados de Reabilitação tenham desviado cerca de R$ 17 milhões em três anos, federais sem a contraprestação de serviços por parte das clínicas.

As investigações apontam que cada clínica teria desviado por mês cerca de R$ 345 mil, montante que poderia custear o tratamento de 400 mil pessoas. Em entrevista coletiva, o delegado Regional de Combate ao Crime Organizado, Albert Paulo de Moraes, afirmou que as duas clínicas alvo da operação são cadastradas no SUS para atender pacientes de reabilitação física, visual, auditiva e mental. Os investigados teriam atuado para fechar o setor que oferecia o tratamento no Hospital Regional Justino Luz e canalizar os atendimentos para as clínicas investigadas.

Ainda de acordo com a Polícia Federal, há fortes indícios de desvios envolvendo montantes controlados pela Secretaria Municipal de Saúde de Picos, com saque em espécie nas agências bancárias em benefício de empresários. A suspeita é de que servidores públicos também estejam envolvidos no esquema.

BR-343: Médico estava a caminho do trabalho quando sofreu acidente

BR-343: Médico estava a caminho do trabalho quando sofreu acidente

Tovar Vicente Luz faleceu em acidente automobilístico por volta das 6h da manhã desta terça-feira (10). Médico estava a caminho de Altos.

O médico otorrinolaringologista Tovar Vicente Luz, de 36 anos, estava a caminho do trabalho, na cidade de Altos, quando sofreu um acidente grave e veio a óbito na manhã desta terça-feira (10), na BR-343.


Leia também:

Médico morre ao colidir carro com caminhão de carga na BR-343 

Médico de 27 anos morre após colidir veículo em árvore na BR-230 


Segundo familiares, o médico era natural de Simplício Mendes e prestava atendimento médico em diversos municípios, como Parnaíba, Altos e Valença. Tovar Luz é lembrado pelos familiares como um jovem estudioso e dedicado à profissão, tendo sido aprovado em primeiro lugar no vestibular de Medicina da Universidade Estadual do Piauí.

Médico Tovar Luz faleceu em acidente na manhã desta terça-feira (10).

"O legado dele é de muita paz, muito amor, muita humanização. Ele era muito humano, a gente recebeu ligações de muitos pacientes que não estavam acreditando", lamentou Amauri Luz, primo da vítima.

O veículo em que o profissional estava colidiu frontalmente com um caminhão de carga nas proximidades do condomínio Fazenda Real, na saída norte de Teresina. 


Foto: Assis Fernandes/O Dia

O impacto da batida foi tão forte que o carro modelo Honda Civic do médico ficou totalmente destruído e o caminhão chegou a tombar na pista. O motorista do veículo de carga saiu ileso e encontra-se tutelado em uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF). 


"Ali é um local onde os veículos desenvolvem altas velocidades, é onde também tem bastante ultrapassagem indevida, apesar de ser um local de faixa contínua. Nesse trecho nós chamamos a atenção dos populares que usam a via, especificamente em frente da Fazenda Real, porque o acostamento é esburacado e não oferece as condições seguras para quem vai fazer uma conversão", destaca Hélio Cipriano, inspetor da PRF. 

Após perícia no tacógrafo do caminhão, a PRF constatou que o mesmo estava na velocidade permitida para a vida, entre 60 e 80 km/h. O motorista, W. P. M , 42 anos, não quis dar entrevista.


Veículo do médico ficou completamente destruído. (Foto: Assis Fernandes/O Dia)

Em nota, o Conselho Regional de Medicina do Piauí lamentou a morte do médico e se solidarizou com a dor da família e amigos. 

Confira a nota na íntegra:

É com pesar e consternação que os conselheiros deste CRM-PI informam a morte do médico Tovar Vicente da Luz, de 36 anos, em acidente automobilístico grave por volta de 6 horas desta terça-feira (10), na BR-343, na saída de Teresina. O médico otorrinolaringologista, natural do município de Simplício Mendes, deixa família e amigos queridos. Neste momento de dor, todos do CRM-PI enviam votos de estima e apreço à família enlutada.

Médico morre ao colidir carro com caminhão de carga na BR-343

Médico morre ao colidir carro com caminhão de carga na BR-343

PRF e Corpo de Bombeiros estão no local para retirar ao corpo da vítima das ferragens e controlar o trânsito. Saída de Teresina tem congestionamento.

Um grave acidente ocorrido por volta das seis horas da manhã desta terça-feira (10) deixou uma pessoa morta na BR-343, trecho da saída de Teresina em direção a Altos. 


Leia também:

O médico otorrinolaringologista, identificado como Tovar Vicente Luz, morreu na hora. Segundo a PRF, o veículo em que o profissional estava colidiu frontalmente com um caminhão de carga.


Foto: Reprodução/Whatsapp

O impacto da batida foi tão forte que o carro modelo Honda Civic do médico ficou totalmente destruído e o caminhão chegou a tombar na pista. O motorista do veículo de carga saiu ileso e encontra-se tutelado em uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF). 

Ainda não se sabe o que teria provocado a colisão, mas segundo os inspetores, um dos veículos teria tentando fazer uma ultrapassagem indevida, quando bateram de frente.

Por conta do acidente, o trânsito na saída de Teresina para Altos, pela BR-343, encontra-se congestionado em cerca de um quilômetro e meio. Agentes da PRF tentam controlar a situação e dar mais fluidez ao tráfego. A pista onde o caminhão de carga tombou está totalmente fechada.


Aguarde mais informações.

09 de setembro de 2019

PRF apreende coletivo com placa clonada na BR 316 em Teresina

PRF apreende coletivo com placa clonada na BR 316 em Teresina

A Polícia Rodoviária Federal deve encaminhar o caso à Polícia Civil para as providências cabíveis.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu nesta segunda-feira (09) um ônibus coletivo pertencente a uma empresa de transporte urbano que circulava com placa clonada próximo ao balão do Porto Alegre, na BR 316, em Teresina. Havia passageiros na hora da apreensão.

De acordo com a PRF, durante os procedimentos de fiscalização, foi verificado que a identificação do veículo pertencia a outro ônibus. Ainda de acordo com a polícia, o veículo original possuía débitos de licenciamento.


A PRF disse ainda, que ônibus VW/17.210 era conduzido por um homem de 29 anos que não teve o nome revelado. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Interestadual do Piauí (POLINTER) de Teresina para prestar esclarecimentos.

Ônibus é flagrado pela PRF com placa clonada para esconder débitos. Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal deve encaminhar o caso à Polícia Civil para as providências cabíveis.

Para o inspetor da PRF, Alexsandro Lima, a clonagem pode ter sido feita para esconder possíveis débitos que estariam registrados no veículo, facilitando assim a sua livre circulação pela área urbana. Ele disse ainda, que essa não é a primeira vez que crimes como este acontece na capital  e que o mesmo procedimento de clonagem também é usado em veículos roubados.  

O Portal O Dia entrou em contato com Superintendência Municipal de Transportes e Trânsitos (Strans), mas não foi dada nenhuma posição sobre o caso. O espaço permanece aberto para esclarecimentos.

Com 9,5 mil roubos em seis meses, Polícia lança programa de combate

Com 9,5 mil roubos em seis meses, Polícia lança programa de combate

O Programa de Combate ao Roubo, ação desenvolvida pela Delegacia Geral de Polícia Civil, visa combater crimes violentos de cunho patrimonial.

Somente no primeiro semestre de 2019, a Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP/PI) registrou 9.537 roubos na capital, com exceção dos roubos de veículos e latrocínios. Devido ao alto índice dessa prática criminosa em Teresina, a Polícia Civil, por meio da Delegacia Geral, lançou nesta segunda-feira (09) o Programa de Combate ao Roubo. 

A ação visa identificar, localizar e prender indivíduos contumazes no crime de roubo na Capital.


Leia também:

Ataques a bancos no Piauí reduzem 85% no primeiro semestre 


Segundo o delegado-geral Lucy Keiko, o roubo é o crime mais registrado nas delegacias de Teresina, em especial o roubo de aparelhos celulares, que representa 80% dos boletins de ocorrência registrados sobre essa prática criminosa. 

Por isso, a partir deste mês, a Polícia Civil irá desenvolver uma série de ações para dar mais eficiência às investigações relacionadas a esses delitos.

Segundo o delegado-geral Lucy Keiko, o roubo é o crime mais registrado nas delegacias de Teresina. (Foto: Assis Fernandes/O Dia)

Em Teresina, os crimes de roubo são praticados diariamente em paradas de ônibus, residências ou em vias públicas. Pela legislação, se enquadram nessa prática a subtração de objetos mediante violência ou grave ameaça

“São crimes graves que, além de trazer um prejuízo patrimonial, também geram um dano psicológico às vítimas. Estamos observando que os latrocínios que ocorrem em Teresina, quase em sua totalidade, são praticados por esses indivíduos que cometem esses pequenos roubos”, declara, acrescentando que o Centro de Teresina é o bairro com maior número de ocorrências.

A primeira das ações diz respeito à integração do banco de dados dos Distritos Policiais de Teresina. 

“Nós vamos integrar os distritos, dando uma maior atenção à questão do banco de dados, para fornecer informações a esses policiais, para que eles tenham como se comunicar, tenham como implantar uma investigação bem qualificada nesse sentido”, explica.

O delegado Sebastião Leal, o secretário Fábio Abreu e o delegado Lucy Keiko discutem ações do programa. (Foto: Assis Fernandes/O Dia)

Outro ponto impactado pelo programa é o aumento da quantidade de inquéritos instaurados e das representações pelas prisões preventivas de indivíduos com histórico nesse tipo de ocorrência. 

Para o delegado-geral, é importante que indivíduos presos pelo crime de roubo tenham a prisão preventiva representada perante o Tribunal de Justiça, para impedir que os suspeitos voltem a praticas novos crimes. 

Para isso, a Polícia Civil pretende estreitar as relações com o Poder Judiciário para que a prisão de indivíduos com múltiplos processos por roubo seja comunicada de forma mais célere e a prisão preventiva seja decretada.

 “Estamos estabelecendo que toda vez que se identificar um indivíduo com antecedentes criminais por essa prática de crime, o delegado vai informar em todas as Varas Criminais que ele responde por aquele processo, para que o juiz decrete a prisão preventiva também nos outros processos”, afirma o delegado-geral Lucy Keiko.

Segundo ele, outro caso importante vai ser o incremento da recuperação de objetos roubado, não só pra recuperar o objeto, mas pra inibir os receptadores. 

“Logicamente quando você recupera o objeto roubado você tende a chegar a autoria daquele crime. Por isso, temos a Deccoterc [Delegacia Especializada de Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica e Contra as Relações de Consumo] auxiliando na recuperação de celulares roubados”, destaca Lucy Keiko.

A otimização das ações da Polícia Civil deve ser feita ainda pela adesão voluntária de 45 policiais civis ao Programa de Combate ao Roubo. Ao adentrar no programa, os policiais deverão receber pagamento extra e poderão trabalhar nas horas de folga, cumprindo mandados e realizando investigações no intuito de combater os roubos na capital. 

Para isso, o secretário de Segurança Pública, o capitão Fábio Abreu, explica que a delegacia-geral irá destinar parte dos seus recursos para o pagamento dos policiais envolvidos no programa. 

A otimização das ações da Polícia Civil deve ser feita ainda pela adesão voluntária de 45 policiais civis. (Foto: Assis Fernandes/O Dia)

O secretário frisa ainda que, para que a Polícia Civil tenha dimensão do número de crimes praticados na Capital e possa desenvolver ações efetivas de combate a essas ações criminosas, é importante que a população compareça aos Distritos Policiais para registrar os boletins de ocorrência. 

“Esse grupamento é específico para roubo e furto, e vão tratar dessa natureza sem dispensar as ações diárias dos Distritos. O objetivo é somar forças para que a gente possa dar uma resposta mais eficiente para aquilo que a população tem mais reclamado, que é o roubo e o furto, principalmente de produtos eletrônicos”, enfatiza.

Secretário pede que a população comunique os crimes de roubo às autoridades. (Foto: Assis Fernandes/O Dia)

Os coordenadores do programa serão os delegados de polícia civil Sebastião Alencar e Matheus Zanata, gerentes de polícia metropolitana e especializada, respectivamente. O Programa de Combate ao Roubo será coordenado do prédio sede da Delegacia Geral.

Ataques a bancos no Piauí reduzem 85% no primeiro semestre

Ataques a bancos no Piauí reduzem 85% no primeiro semestre

Segundo Secretaria de Segurança, foram apenas três ataques em seis meses. Em 2018, houveram 20 no mesmo período.

Barulho de tiros, explosões seguidas e a cidade amanhecendo em meio ao caos. Parece a descrição do cenário de um filme de bang-bang, mas foi a realidade vivenciada por muitos piauienses que viram suas cidades invadidas por quadrilhas extremamente organizadas e muito bem armadas que atuam especificamente nos ataques a instituições financeiras.


São roubos de grande porte, que demandam uma estrutura maior por parte dos criminosos e, por vezes, desafiam o poder de fogo e de resposta ostensiva do Estado. Em Castelo do Piauí, em fevereiro deste ano, por exemplo, o grupo armado metralhou a sede do Grupamento de Polícia Militar da cidade enquanto adentrava o Banco Bradesco e explodiam caixas eletrônicos.


Leia também:

Quadrilha metralha sede da PM de Castelo e tenta roubar cofre do Bradesco 

Criminosos tentaram explodir sede da PM em Castelo do Piauí 

Suspeito de roubo ao Bradesco de Castelo passou sete dias escondido em matagal 

Bando explode três agências bancárias simultaneamente em Campo Maior 

Campo Maior: BB ficou com estrutura comprometida e pode ser demolido 


Um mês depois, em abril, uma quadrilha fortemente armada invadiu Campo Maior e explodiu, simultaneamente, as agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, causando pânico nos moradores e deixando o município praticamente desassistido de serviços financeiros. Nem a Capital, onde o policiamento ostensivo tecnicamente é mais forte, escapa.

Bandidos armados explodiram caixas eletrônicos do autoatendimento da Caixa em um posto de gasolina localizado na Avenida Frei Serafim. Era Centro da cidade, a principal via de acesso dos teresinenses e aquele 07 de julho estava amanhecendo. A ação foi classificada pelos policiais que atenderam à ocorrência como “ousada”. Viaturas fazem ronda por aquele trecho durante boa parte do dia.

Foram estes os três ataques a banco registrados pelas Forças de Segurança do Piauí no primeiro semestre de 2019 e o número é positivo, se for comparado com a quantidade de registros do mesmo período do ano passado. É que de janeiro a junho de 2018, o Piauí teve 20 ocorrências desta natureza, com uso de extrema violência e danos consideráveis às estruturas das agências. A redução é de 85%, segundo os levantamentos feitos pela Secretaria de Segurança.

Sem atendimento

Os prejuízos gerados por estas ações vão muito além do dinheiro que muitas vezes é levado pelas quadrilhas. Há casos em que a população fica sem ter como fazer transações bancárias simples como saques e depósitos, porque as agências ficam inoperantes. No último ataque ocorrido em Campo Maior, por exemplo, o impacto das explosões foi tanto que a estrutura do Banco do Brasil ficou completamente comprometida, tendo que ser demolida em parte, segundo o que informou a Polícia Civil.

Mas o problema vai além disso. Os bancos estão deixando de instalar caixas avulsos pelas cidades e concentrando seus terminais dentro das próprias agências. É uma questão de segurança não só para quem precisa usar o autoatendimento, como também para o estabelecimento que recebe aquele terminal. Lugar que guarda dinheiro chama a atenção. 

A movimentação financeira em cédulas, que são o alvo das quadrilhas especializadas, tende a diminuir também nesse sentido. Quem afirma é o secretário de Segurança, Fábio Abreu: os bancos cada vez mais estão diminuindo as agências e investindo no dinheiro de plástico [cartões]. Não é só pela tecnologia que é mais avançada. É questão de segurança também. A tendência agora é a gente começar a combater com mais força os crimes de desvio de dados de aplicativos. Ir do dinheiro físico ao dinheiro virtual, o que dificulta um pouco a ação desses criminosos em atacar a estrutura física dos bancos”.


Foto: O Dia

Para o tesoureiro do Sindicato dos Bancários do Piauí, Arimatea Passos, os ataques a instituições financeiras no interior são ainda mais danosos que os praticados nos grandes centros urbanos, mesmo que estes últimos tenham uma maior concentração de dinheiro. É que a vida comercial das pequenas e médias cidades gira praticamente em torno do ente bancário.

“Um banco no interior, ele é diferenciado. Toda aquela população depende, muitas vezes, de uma única agência e geralmente aquele banco ali atende a várias cidades nos arredores. Produtores rurais, aposentados, pequenos comerciantes, toda a população dos espaços por ele assistidos acabam ficando completamente desassistido”.

Arimatea acrescenta que quando a instituição atacada é pública, demora ainda mais para ela voltar a operar, devido aos trâmites legais mais burocráticos do processo, como a abertura de licitação para reparos no prédio e expedição de novos alvarás e afins.


Após ataques, cidades inteiras ficam sem atendimento, diz sindicato - Foto: O Dia

Quem ataca?

São grupos heterogêneos, com gente de vários estados que se juntam em uma espécie de consórcio. Eles alugam armas e planejam cada ação com antecedência, procurando estudar a cidade que vão invadir antes de agirem. A descrição foi dada pelo secretário de Segurança. Segundo ele um dos fatores que contribui para que o assalto a banco não seja praticado com tanta frequência como um roubo qualquer é justamente a logística envolvida.

“Pra fazer um roubo dessa magnitude tem que ter organização e uma estrutura muito grande e isso carece de recursos. Eles geralmente conseguem o dinheiro para planejar um assalto, assaltando antes, então uma coisa vai levando à outra. Eles se juntam, planejam, cometem o crime e depois dividem o que conseguiram e se separam, cada um voltando para seu estado”, discorre Fábio Abreu.


"Eles geralmente conseguem o dinheiro para planejar um assalto, assaltando antes", disse Fábio Abreu - Foto: Ascom/SSP

As ações geralmente são marcadas pela violência. No ataque ao banco de Castelo, por exemplo, os criminosos metralharam a sede da PM do município para impedir a reação dos policiais. Em Campo Maior, os ataques foram praticamente simultâneos em agências diferentes. Questionado sobre o poder de resposta da polícia, o secretário de segurança afirmou que têm sido feitos investimentos em armamento, sobretudo na compra de fuzis, que é a principal arma utilizada por estes criminosos.


Viatura da Polícia Militar foi metralhada em Castelo do Piauí - Foto: PM-PI

“Na maioria dos municípios, nós já temos homens fazendo ronda com fuzil, porque isso, de certa forma, intimida as quadrilhas que se instalam nessas regiões para fazer o levantamento antes do roubo. Eles já pensam duas vezes antes de agir porque veem que ali tem um poder de fogo maior”, finaliza Fábio Abreu.

Feriado: PRF faz mil testes do bafômetro e prende cinco pessoas

Feriado: PRF faz mil testes do bafômetro e prende cinco pessoas

Durante a Operação do Feriado de Independência, mais de 2.500 veículos foram fiscalizados nas estradas piauienses.

A Polícia Rodoviária Federal do Piauí divulgou nesta segunda-feira (09) o balanço das ocorrências registradas durante o feriado do Dia da Independência do Brasil e um dado chamou a atenção: a ausência de acidentes graves. Exceto o capotamento de um veículo de passeio da Avenida João XXIII, que já é área federal, não foram contabilizadas ocorrências com óbitos nem feridos graves.


Leia também:

Em Campo Maior, PRF apreende R$ 1 mi em cigarros contrabandeados 

PRF registrou 7 acidentes por dia na primeira semana de setembro 


Apesar disso, o feriado e o fim de semana como um todo foi marcado pela imprudência de motoristas, que insistem em dirigir seus veículos, sejam eles de duas rodas ou de quatro, sob efeito de bebida alcoólica. No total, a PRF realizou mil testes de alcoolemia que resultaram em 29 flagrantes e cinco prisões pela Lei Seca. As prisões aconteceram na Capital, em Parnaíba, Campo Maior, Floriano e Bom Jesus.


Condutor é autuado por crime de trânsito pela PRF - Foto: Divulgação/PRF-PI

Em Teresina, um condutor foi flagrado dirigindo um carro modelo Fiat Pálio sob efeito de álcool. No teste feito, foi indicado 0,89 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Em Campo Maior, um homem foi flagrado conduzindo uma motocicleta modelo Honda Bros também alcoolizado. No teste feito com ele, foi indicado 0,69 miligramas de álcool por litro de ar expelido.


PRF intensificou o policiamento nas estradas durante o fim de semana e o Feriado da Independência - Foto: Divulgação/PRF-PI

Em Floriano, o caso mais grave: no teste feito no piloto de uma motocicleta modelo Yamaha YBR, a PRF constatou a presença de 0,99 miligramas de álcool por litro de ar expelido no bafômetro. Houveram ainda registros de embriaguez ao volante em Bom Jesus e Parnaíba (0,36 miligramas de álcool por litro de ar expelido no condutor autuado em Bom Jesus e 0,42 miligramas de álcool por litro de ar no condutor autuado em Parnaíba).

Outras ocorrências

Além dos testes de alcoolemia, a outra infração mais registrada pela PRF durante este feriado foi a de veículos irregulares circulando pelas estradas. Foram recolhidos 97, sendo que 70 deles eram motocicletas. A PRF também retirou de circulação 38 toneladas de excesso de carga em veículos que transitavam de forma ilícita nas rodovias federais.


Motocicletas irregulares apreendidas durante operação do Feriado da Independência - Foto: Divulgação/PRF-PI

Foram recuperados ainda três veículos roubados, sendo um na região metropolitana de Teresina e um em Picos. “Conseguimos ainda prender um homem de 49 anos que tinha um mandado de prisão em aberto pela 4ª Vara da Família aqui mesmo de Teresina. Foi preso na Capital”, acrescentou o inspetor Alexandro Lima, porta-voz da PRF no Piauí. 

Abrangência

Durante o feriado da Independência e o fim de semana como um todo, a PRF realizou 2.586 procedimentos de fiscalização referentes a veículos e 2.727 procedimentos de fiscalização referentes a pessoas. 

06 de setembro de 2019

MA: polícia prende quadrilha que fazia família refém na zona rural

MA: polícia prende quadrilha que fazia família refém na zona rural

Quatro fugiram e um trocou tiros com os policiais sendo atingido. Um menor foi apreendido participando da ação. Suspeito baleado morreu


Com a quadrilha haviam armas e objetos de outros roubos. (Foto: Francisco Bezerra/TV O Dia)

A Polícia Militar de Timon-MA prendeu no início da tarde desta sexta-feira (06) uma quadrilha especializada em roubo a chácaras na zona rural do município . 

Segundo o Sub-Tenente Martins, os policiais da Força Tática receberam o chamado da ocorrência de um roubo em um sítio do povoado Gameleira e após buscas na região encontraram o bando já em outro sítio. Ao todo eram 5 pessoas realizando os roubos.

No momento da abordagem , dois dos suspeitos se evadiram, outros dois conseguiram entrar em uma residência e um trocou tiros com os policiais e foi atingido. O suspeito, ainda não identificado, chegou a ser levado para a UPA de Timon, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

No local onde os policiais encontraram o bando, a família que mora no sítio estava sendo mantida refém com armas na cabeça enquanto o roubo acontecia. Dentre os envolvidos havia um menor.

“Eles já estariam praticando outro roubo. A família proprietária do sítio já estava de refém, deitada no chão, com arma na cabeça e quando a viatura chegou dois evadiram, dois entraram em uma residência e um deles trocou tiros com a guarnição”, informou o Sub-Tenente Martins.


Caminhonete usada pela quadrilha nos roubos a sítios de Timon. (Foto: Francisco Bezerra/TV O Dia)

A região já era alvo de roubos constantes nos últimos meses e a suspeita é de que essa era quadrilha que atuava na área. Os 3 homens foram encaminhados para  a Central de Flagrantes e o menor foi apreendido e encaminhado para cumprir medida sócio-educativa

“Temos informações, que vamos confirmar, que eles são os mesmo questão aterrorizando na região do Caiçara”, aponta o policial

Com os suspeitos a polícia apreendeu duas armas longas (espingardas) e uma arma de fabricação caseira, além dos objetos fruto de outros roubos e uma caminhonete.

MDB avalia mudanças na política e mira grandes cidades em 2020

MDB avalia mudanças na política e mira grandes cidades em 2020

Juventude do partido propõe planejamento para partido ocupar espaço 'de centro' em meio a polarização política no país.

Em entrevista ao Portal O Dia, o deputado estadual do estado do Rio Grande do Sul, Gabriel Souza (MDB), afirmou que a corrente jovem do seu partido pretende implementar uma série de estratégias para que a sigla ocupe o espaço de centro da política nacional e crie um planejamento de estado mais moderno que atua prioritariamente nas áreas onde precisa. 

A meta do partido para o próximo pleito é eleger prefeitos e vereadores em grandes cidades do Brasil, e a longo prazo, uma candidatura a presidente do Brasil.

“Formando esse programa e ocupando esse espaço, sim, o MDB tem condições de construir uma candidatura majoritária em 2022 e fazer uma grande bancada. E não só em 2022, mas também em 2020 fazer prefeitos de capitais, cidades grandes, como o caso de Timon”, destaca o parlamentar.

O deputado afirmou que o debate será levado para a convenção nacional do MDB , que deve acontecer no dia 06 de outubro. Sem disputas internas desde 2001, o deputado afirma que para que o debate seja eficaz, poderá ser necessária a criação de uma chapa de oposição para implementar as mudanças, já que em muitos casos de mudança consensual entre integrantes do partido ocorre o “mudar não mudando”.

“A composição do ‘mudar não mudando’ que é o nosso receio e essa composição nós não iremos aceitar. Nós vamos, inclusive, protocolar uma chapa de oposição  pra que evitemos novamente esse tipo de situação e propiciemos esse debate tão necessário”, afirma.


Deputado Gabriel Souza (MDB-RS) em entrevista a FM O Dia 92,7FM. (Foto: Elias Fontenele/O Dia)

Com 2,3 milhões de filiados, o temor é que em caso de não ocupação desse espaço aberto na política nacional, o partido inicie um processo de esvaziamento e é por isso que a sigla retoma o diálogo com seus filiados em todos os estados do Brasil. Para as eleições do próximo ano a expectativa é eleger o máximo de prefeitos e vereadores possíveis.

“Acho que o partido está bem para as eleições do ano que vem. (...) O MDB é o partido que mais tem capilaridade no território nacional, então por consequência deverá eleger o maior número de vereadores e prefeitos, novamente, do país, mas nós queremos também conquistar as grandes cidades”, diz o deputado Gabriel Souza.

Gabriel participou de um evento com o MDB Jovem de Timon, cidade onde o partido planeja lançar novamente a candidatura de Socorro Waquim, ex-prefeita , que ocupa atualmente cargo de vereadora. 

PRF registrou 7 acidentes por dia na primeira semana de setembro

PRF registrou 7 acidentes por dia na primeira semana de setembro

Foram 43 acidentes em apenas seis dias. Operação apreendeu ainda mais de 96 mil maços de cigarros contrabandeados e 20 m³ de madeira.

Um início de mês violento nas estradas piauienses. É isso o que atesta o levantamento das ocorrências registradas pela Polícia Rodoviária Federal na primeira semana de setembro. Do dia 30 de agosto até esta quinta-feira (05), foram contabilizados 43 acidentes nas rodovias federais que cortam o Piauí, ou seja, uma média de 7 por dia. As informações constam nos dados divulgados hoje (05).


Leia também:

Três são presos suspeitos de integrar quadrilha de roubo de veículos 

Foragido do Ceará é preso em abordagem da PRF em Piripiri 

Motociclista morre em acidente grave na BR -343, em Campo Maior 


Em seis dias, foram fiscalizados 5.650 veículos e 5.620 pessoas em todo o estado. Os policiais lavraram 1.649 autuações de trânsito e registraram ainda oito ocorrências de crimes previstos no Código Brasileiro de Trânsito. Foram efetuados também 1.913 testes de alcoolemia e recolhidos 163 documentos de condutores irregulares.


Foto: Arquivo O Dia

“Tivemos também 33 ocorrências criminais de outras naturezas não relacionadas ao trânsito, que resultaram na prisão de 28 pessoas. Prendemos também mais cinco indivíduos por direção sob efeito de álcool e ainda apreendemos 20 metros cúbicos de madeira sem licença ambiental”, explicou o inspetor Alexandro Lima, porta-voz da PRF no Piauí.

Além disso, os policiais também recuperaram seis veículos roubados, apreenderam 96.900 pacotes de cigarro contrabandeado, 17 comprimidos de anfetamina e 0,75 Kg de maconha. 

A operação da PRF contou com o apoio de cinco delegacias, dez unidades operacionais e cobriu mais de 1.700 quilômetros de rodovias.

Sargento atira em homem após confusão por celular em Teresina

Sargento atira em homem após confusão por celular em Teresina

Segundo a PM, a confusão teve início após problemas com a compra de um celular na praça da Bandeira pela irmã do sargento.

Uma confusão envolvendo a compra de um celular terminou com uma pessoa baleada na tarde desta quinta-feira (05), no Centro de Teresina. Segundo a Polícia Militar, um sargento do Exército foi perseguido e entrou em luta corporal com um homem após tentar resolver o problema pela compra do aparelho.

De acordo com o capitão Iratan, do 1º BPM, a irmã do sargento teria comprado o celular há cerca de um mês em uma banca na praça da Bandeira. O local é conhecido pelo comércio de celulares roubados.



Leia também:

Compradores de produtos roubados legitimam assaltos em Teresina 

PM faz ação na Praça da Bandeira contra comércio de celulares roubados 


Imagem mostra venda ilegal de celular na praça da Bandeira. (Foto: Arquivo O Dia)

Após o aparelho apresentar defeitos, a mulher foi na companhia do irmão, um sargento do Exército, pedir o ressarcimento do valor pago ou a troca do aparelho.

"O rapaz que vendeu informou que não tinha como dar jeito e ele ia ficar no prejuízo. Diante desse fato, o sargento pegou um celular da banca para não ficar no prejuízo e o dono da banca gritou "pega ladrão", no que ele gritou, todos que estavam na praça se voltaram contra o sargento ", explica o capitão Iratan, do 1º BPM.

Após ser cercado, ele teria se identificado como sargento do Exército e disse estar armado. Apesar disso, o grupo não desistiu das investidas e teria iniciado uma perseguição ao sargento pelas ruas do Centro de Teresina. Para fugir do bando, ele adentrou em uma loja.

"Ele informou ao segurança que era sargento e estava armado e que estavam querendo lixar ele, para matar ele. Um dos que estavam perseguindo adentrou a loja, agrediu o sargento e, em legítima defesa, o sargento atirou na perna da vítima", relata o capitão do 1º BPM.

A vítima, identificada apenas como Victor, foi socorrida e encaminhada ao Hospital de Urgências de Teresina, onde passou por cirurgia na perna. Segundo a Polícia Militar, a vítima deve permanecer internada pelos próximos dias e, em seguida, será conduzida para prestar depoimento sobre o caso.

O sargento compareceu à Central de Flagrantes para dar a sua versão dos fatos, mas foi liberado em seguida.

Trio é preso suspeito de integrar quadrilha de roubo de veículos

Trio é preso suspeito de integrar quadrilha de roubo de veículos

Quadrilha foi presa na BR-316, em Teresina. Veículo usado havia sido roubado na avenida Marechal Castelo Branco.

Dois homens foram presos e um adolescente apreendido por suspeita de integrar uma quadrilha de roubo de veículos em Teresina, na noite desta quinta-feira (05). Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o bando foi detido na BR-316, em Teresina. 

No momento da abordagem, os suspeitos dirigiam um veículo que havia sido tomado de assalto na avenida Marechal Castelo Branco, na madrugada de ontem.



Leia também:

Em Campo Maior, PRF apreende R$ 1 mi em cigarros contrabandeados 

PRF prende quadrilha especializada em roubo de veículos na BR-316 

Foragido do Ceará é preso em abordagem da PRF em Piripiri 


Policiais rodoviários federais prendem quadrilha na BR-316. (Foto: Divulgação/PRF)

De acordo com a PRF, após fiscalização detalhada, os policiais constataram se tratar de veículo com ocorrência de roubo, registrada no mesmo dia. 

A equipe PRF fez contato com o proprietário do veículo que foi até a 1ª DPC e fez o reconhecimento dos detidos como autores do assalto do veículo. Segundo ele, os suspeitos teriam utilizado um revólver calibre 38 no momento do assalto. 

Viatura da PRF e veículo roubado. (Foto: Divulgação/PRF)

O condutor do veículo possui um mandado de prisão em aberto por roubo. Já o outro detido de 24 anos já tem passagens pelo sistema prisional pelo crime de homicídio. 

Os três foram encaminhados à Central de Flagrantes de Teresina e podem responder pelos crimes de formação de quadrilha, receptação e roubo de veículos.

Homem aplicava golpes pela OLX com falsa venda de veículos

Homem aplicava golpes pela OLX com falsa venda de veículos

Lázaro Pereira conseguia arrecadar mais de R$ 800 reais em contratos falsos e não repassava o bem adquirido ao comprador.

A Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública efetuou a prisão de um homem identificado como Lázaro dos Santos Pereira, acusado de aplicar golpes por meio do site de vendas OLX. Segundo as investigações, ele anunciava veículos seminovos na página, fechava contratos de venda com os compradores, recebia o pagamento pelo produto, mas não o entregava e depois sumia.


Leia também:

Polícia registra mais de 680 crimes praticados através site OLX no Piauí 


A informação foi repassada pelo comandante da Força Tarefa, major Audivan Nunes. “Ele arrecadava valores que iam de R$ 800,00 a até R$ 1.500,00 em cada uma dessas falsas vendas de veículo.  Os consumidores procuraram a polícia, denunciaram e o juiz da comarca de José de Freitas decretou sua prisão. O mandado estava em aberto e hoje conseguimos cumpri-lo”, explicou o major.


Lázaro dos Santos Pereira foi preso por estelionato praticado na plataforma OLX - Foto: Divulgação/Polícia Civil

Lázaro Pereira foi preso na região do bairro Promorar, na zona Sul de Teresina e, segundo a polícia, não ofereceu resistência à prisão. Ele foi encaminhado para o 3º Distrito Policial.

Estelionato é o crime mais comum na plataforma

Em maio deste ano, a Polícia Civil do Piauí divulgou um levantamento acerca dos golpes praticados por usuários mal-intencionados no site de vendas OLX. Até aquele mês haviam sido 682 registros, sendo que 563 (82,5% do total) foram crimes de estelionato, e 119 (17,5%) foram crimes tais como roubos, falsificações e afins. Os dados são referentes ao período entre 2013 e 2019 e foram computados pela Delegacia de Combate aos Crimes Contra as Relações de Consumo (DECCOTERC), junto ao Sistema de Boletins de Ocorrência do Estado.