• show Legião Urbana
  • casa gourmet 2018
  • TV O DIA - fullbanner w3b
  • TV O Dia - fullbanner

Bando suspeito de roubar delegacia em Curimatá é solto pela Polícia

Cinco homens e um menor de idade são suspeitos de arrombarem a delegacia do município e roubarem uma espingarda e coletes à prova de balas.

13/03/2018 16:38h

O bando suspeito de participar de arrombar à Delegacia de Curimatá foi ouvido pela Polícia Civil na tarde desta terça-feira (13) e liberado em seguida. De acordo com o gerente de Policiamento do Interior, o delegado Emir Maia, mesmo após confessarem a participação no crime, o delegado do munícipio, Leandro Damasceno decidiu colocar os suspeitos em liberdade. 

A explicação é de que, passado o flagrante, os suspeitos não poderiam ser presos, somente com decisão judicial. “Essa é uma questão muito polêmica. Eu teria prendido, mas o delegado entendeu que não havia mais o flagrante, então eles foram liberados e o delegado entrou com o pedido de prisão preventiva”, afirma o delegado Emir Maia.

Delegado diz que a soltura dos envolvidos é considera polêmica. (Foto: Jailson Soares/O Dia)

Em depoimento à Polícia Civil, os envolvidos no caso confessaram que participaram do arrombamento à delegacia de Curimatá na madrugada de ontem (12). Segundo os relatos, a ação teria sido feita sob o comando de um traficante da região. “A ordem era que eles roubassem as armas para pagar dívidas de drogas”, explica o delegado. A Delegacia, que fica vazia aos finais de semana, não possui plantonistas, apenas três policiais civis e um policial militar.

Durante a ação criminosa foram roubados: uma espingarda carabina calibre 40, coletes à prova de balas e um notebook que armazena dados da Delegacia. Os produtos ainda não foram recuperados e a suspeita é de que eles estejam em posse de outro envolvido, que ainda não foi localizado pela Polícia Civil. “Eles disseram que esses produtos estão com essa pessoa que foi para outra cidade entregar para o traficante que comandou o roubo”, afirma o delegado.

O gerente de Policiamento do Interior explica que a Polícia Civil chegou aos suspeitos após receberem informações de que um dos traficantes envolvidos no roubo estaria realizando um churrasco para comemorar a ação bem-sucedida do bando. Ao todo, seis pessoas foram ouvidas e confessaram envolvimento no crime, sendo cinco adultos e um menor de idade.

Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário






Enquete

Um jovem morreu ao sofrer descarga elétrica colocando celular para carregar. Quais cuidados você toma em relação a isso?

ver resultado