Encontrados os corpos de mãe e filha vítimas de naufrágio em Antônio Almeida

O Corpo de Bombeiros confirmou que as equipes seguem no Rio Parnaíba em busca da adolescente

18/10/2021 14:27h - Atualizado em 18/10/2021 14:40h

Compartilhar no

Os corpos de mais duas vítimas do naufrágio de uma canoa no Rio Parnaíba, no município de Antônio Almeida, no Sul do Piauí, foram encontrados na tarde desta segunda-feira (18). O Corpo de Bombeiros identificou que os corpos são da mãe Juliene Bezerra Magalhães, 36 anos, e da filha Maria Júlia Bezerra Magalhães, 4 anos.


Leia tambémCorpos de duas mulheres desaparecidas em naufrágio são encontrados 


Ao Portal O Dia, o coronel Costa, do Corpo de Bombeiros, as equipes seguem no Rio Parnaíba em busca da adolescente Fernanda Pereira dos Santos, 18 anos, que trabalhava como babá da criança, e desapareceu no acidente com a embarcação. "As equipes de resgate encontraram área e informaram que mais dois corpo das vítimas foram encontrados no Rio Parnaíba. Seguimos nas buscas agora da adolescente", disse o coronel.

Foto: Redes sociais

As equipes de resgate já haviam localizado pela manhã os corpos de Elissandra Barros Siqueira, 21 anos, e Josilene Araújo Brito, 38 anos .

Testemunhas que sobreviveram ao acidente afirmaram que Juliene conseguiu nadar após a água invadir a embarcação, mas retornou ao local na tentativa de resgatar a filha. Logo depois foi levada pela força das águas e não foi mais vista pelos familiares que conseguiram chegar à margem do rio.

Acidente com a canoa aconteceu na tarde desse domingo (17) quando 11 pessoas passeavam pelo Rio Parnaíba, em um trecho localizado nas proximidades da barragem de Boa Esperança. Dos ocupantes, seis conseguiram refúgio, enquanto outros cinco desapareceram nas águas.

As buscas tiveram início ainda na tarde do domingo com pescadores e populares. Equipes de mergulhadores do Corpo de Bombeiros chegaram ao município e iniciam as buscas nesta segunda-feira. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário