• SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Homem aplicava golpes pela OLX com falsa venda de veículos

Lázaro Pereira conseguia arrecadar mais de R$ 800 reais em contratos falsos e não repassava o bem adquirido ao comprador.

06/09/2019 08:17h - Atualizado em 06/09/2019 12:39h

A Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública efetuou a prisão de um homem identificado como Lázaro dos Santos Pereira, acusado de aplicar golpes por meio do site de vendas OLX. Segundo as investigações, ele anunciava veículos seminovos na página, fechava contratos de venda com os compradores, recebia o pagamento pelo produto, mas não o entregava e depois sumia.


Leia também:

Polícia registra mais de 680 crimes praticados através site OLX no Piauí 


A informação foi repassada pelo comandante da Força Tarefa, major Audivan Nunes. “Ele arrecadava valores que iam de R$ 800,00 a até R$ 1.500,00 em cada uma dessas falsas vendas de veículo.  Os consumidores procuraram a polícia, denunciaram e o juiz da comarca de José de Freitas decretou sua prisão. O mandado estava em aberto e hoje conseguimos cumpri-lo”, explicou o major.


Lázaro dos Santos Pereira foi preso por estelionato praticado na plataforma OLX - Foto: Divulgação/Polícia Civil

Lázaro Pereira foi preso na região do bairro Promorar, na zona Sul de Teresina e, segundo a polícia, não ofereceu resistência à prisão. Ele foi encaminhado para o 3º Distrito Policial.

Estelionato é o crime mais comum na plataforma

Em maio deste ano, a Polícia Civil do Piauí divulgou um levantamento acerca dos golpes praticados por usuários mal-intencionados no site de vendas OLX. Até aquele mês haviam sido 682 registros, sendo que 563 (82,5% do total) foram crimes de estelionato, e 119 (17,5%) foram crimes tais como roubos, falsificações e afins. Os dados são referentes ao período entre 2013 e 2019 e foram computados pela Delegacia de Combate aos Crimes Contra as Relações de Consumo (DECCOTERC), junto ao Sistema de Boletins de Ocorrência do Estado.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário