• COMBATE AO MOSQUITO AEDES AEGYPTI 2019 - 2020
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Paciente grávida morre após dar entrada na MDER vítima de espancamento

Mulher é natural do Estado do Maranhão e, segundo a maternidade, teria sido agredida fisicamente pelo próprio marido. Polícia vai investigar.

16/12/2019 09:12h - Atualizado em 16/12/2019 14:06h

Uma mulher identificada apenas pelas iniciais K.S.S faleceu na Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER), em Teresina neste final de semana após dar entrada com sinais de lesão corporal.


Leia também: Estado terá que indenizar mulher que fez laqueadura na MDER e engravidou 


De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), a jovem de 21 anos teria sido vítima de espancamento e estava em uma gestação de dez meses. Ferida, ela não resistiu aos ferimentos e acabou indo a óbito após procurar atendimento na MDER. 


Paciente grávida vítima de espancamento morreu na MDER - Foto: O Dia

Por meio de nota, a Maternidade Dona Evangelina Rosa informou que a paciente teria sido agredida pelo marido e que quando deu entrada na unidade, estava em estado grave. 

Ainda segundo a nota, a paciente é natural do Estado do Maranhão e o crime teria acontecido lá. De posse do laudo do atendimento e da morte da gestante, a maternidade encaminhará o caso à polícia maranhense que deve abrir inquérito e conduzir as investigações.

Confira a nota da Maternidade Dona Evangelina Rosa:

A Maternidade Dona Evangelina Rosa esclarece que a paciente gravida, com iniciais KSS, proveniente do Maranhão, que sofreu espancamento do marido, deu entrada em estado grave na UTI da MDER e  não resistiu aos ferimentos, vindo a Óbito, apesar de todo  o atendimento prestado pela equipe médica. O caso está sendo investigado pela polícia do estado do Maranhão.

Por: Maria Clara Estrêla

Deixe seu comentário