• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Câmara discute fornecimento de água na zona rural de Teresina

Segundo a vereadora Graça Amorim, muitos populares têm reclamado não apenas da má qualidade do serviço, mas também de cortes indevidos.

29/10/2019 08:29h - Atualizado em 29/10/2019 08:36h

A Câmara Municipal de Teresina (CMT) realiza, nesta terça-feira (29), uma audiência pública para discutir o abastecimento de água na zona rural da capital. 


Leia também:

Segundo a vereadora Graça Amorim, uma das proponentes do requerimento, muitos populares têm reclamado não apenas da má qualidade do serviço, mas também de cortes indevidos.

A vereadora Graça Amorim é uma das proponentes do requerimento. (Foto: Assis Fernandes/O Dia)

A parlamentar ainda explica que a intenção da audiência é fazer com que a empresa de Águas e Esgotos do Piauí (Agespisa), responsável por esse serviço nessas localidades, assuma o contrato de concessão e estabeleça uma política de investimentos para solucionar o problema.

“O que a gente vê, todos os dias, é reclamação dos populares sobre cortes abusivos e de negociações que eles não podem pagar. Estamos fazendo essa audiência pública junto com a Agespisa para que possamos fazer um cronograma de quando vão assumir essas comunidades na zona Rural [...] queremos uma forma de ajudar essa população”, declarou Amorim. 

Além da Agespisa, foram convidados para audiência representantes da Águas de Teresina (AEGEA), responsável pelo fornecimento no perímetro urbano da cidade; da Superintendência de Desenvolvimento Rural de Teresina (SDR),  Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Piauí (OAB-PI), do Ministério Público (MP-PI) e membros de associações comunitárias das localidades afetadas.

Edição: João Magalhães
Por: Breno Cavalcante

Deixe seu comentário