Cidadania convida Kléber Montezuma para disputar o Senado

Mário Rogério pontuou que o partido marcha na oposição e criticou a falta de diálogo dos partidos oposicionistas

14/10/2021 16:47h

Compartilhar no

O ex-secretário de Educação de Teresina e candidato a prefeito da Capital na eleição passada, Kléber Montezuma recebeu convite para disputar o Senado pelo partido Cidadania. Filiado ao PSDB, ele tem encontrado dificuldades no partido para emplacar seu nome na coligação que deve reunir tucanos e Progressistas na eleição do próximo ano.


Leia também: Dudu diz que Rafael tem apoio de 23 vereadores e aposta em “tsunami vermelho” em 2022 


O convite foi revelado pelo presidente do Cidadania do Piauí, Mário Rogério. “O partido se colocou à disposição. Acreditamos que é seguramente para o Senado a melhor alternativa para o Piauí. Ele tem toda uma história do estado do Piauí de competência e credibilidade. Quando temos uma pessoa nesse nível, que convidamos para o partido, a gente é que fica grato”, disse Mário Rogério.

Foto: Otávio Neto / O Dia

O presidente confirmou que está certa a filiação do ex-secretário de Planejamento de Teresina, Washington Bonfim, pretende disputar o governo do Estado. Para Mário Rogério, a chapa ideal seria Washington para o governo e Kléber para o Senado. “Vejo nessas duas pessoas posturas pessoais, política e administrativas muito consonantes com o que pensa o Cidadania”, declarou. 

Sobre a capilaridade do partido em sustentar as duas candidaturas, o presidente relembrou as eleições de Mão Santa e Wellington Dias para exemplificar que o Piauí tem histórico de surpreender nas disputas para o governo. Mário Rogério pontuou que o partido marcha na oposição e criticou a falta de diálogo dos partidos oposicionistas no Piauí para afirmar que o Cidadania se posicionará como terceira via na eleição estadual de 2022. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário