• Banner OAB
  • Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Consórcio Nordeste já está atuando em rede contra o Coronavírus

Mesmo sem acordo formal firmado, o Piauí e os demais estados da região já estão comprando equipamentos de forma conjunta afinando linhas de atuação.

13/03/2020 10:21h - Atualizado em 13/03/2020 15:46h

Presente na reunião desta sexta-feira (13) com gestores da Saúde e diretores de hospitais, o governador Wellington Dias afirmou que o Consórcio Nordeste já está atuando em rede, ainda que sem um acordo firmado formalmente. A reunião entre os governadores da região está marcada para acontecer na próxima terça-feira (17).


Leia também: 

Piauí contabiliza 14 casos suspeitos de coronavírus e 07 descartados 

Novo coronavírus: governo antecipa pagamento do 13º para aposentados 


“Já estamos comprando material de forma conjunta através do Consórcio, queremos trabalhar um sistema melhor e maior de controle dos nossos aeroportos no sentido preventivo, trabalhar as orientações de maneira mais uniformizada e poder ter essa integração das equipes. Se tiver um estado que precisa de mais apoio que o outro, vamos fazer esse apoio conjunto. Na próxima semana, vamos fazer esse acordo, mas ele já está vigorando desde a semana passada”, explicou Wellington Dias.


"Queremos trabalhar um sistema melhor e maior de controle dos nossos aeroportos no sentido preventivo, trabalhar as orientações de maneira mais uniformizada e poder ter essa integração das equipes", disse Wellington Dias - Foto: Assis Fernandes/O Dia

O governador adiou a homenagem aos Heróis de Jenipapo, que estava marcada para acontecer hoje (13) em Campo Maior seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e demais profissionais para evitar aglomerações no sentido de não contribuir para a propagação do Novo Coronavírus. O evento seria realizado em um ginásio poliesportivo e reuniria de duas a três mil pessoas.

Saindo da Capital e indo em direção ao interior, o trabalho preventivo continua. É que o Governo do Estado está buscando ter em cada região um levantamento mais detalhado dos setores público e privado para agir em caso de necessidade e estar preparado com os equipamentos mais adequados e os profissionais especializados para a checagem dos exames e atendimento aos pacientes.


O governador Wellington Dias e o médico José Noronha, diretor do Hospital Natan Portela, que é referência nos casos de Coronavírus no Piauí - Foto: Assis Fernandes/O Dia

A prioridade do Governo é justamente os grupos de risco para o Coronavírus: “é bom lembrar que a gente precisa sempre ter dois cuidados importantes: o primeiro pra não transformar em algo pior uma doença que tem de diferença apenas o fato de ser nova. O principal cuidado é evitar que a gente tenha pânico. O Coronavírus é uma gripe diferente, é um vírus diferente e o cuidado que se tem é justamente as pessoas do grupo de risco mais elevado que são os idosos, as pessoas que têm baixa imunidade. Essas terão que ter um cuidado todo especial”, finaliza Wellington Dias.

Por: Maria Clara Estrêla, com informações de Breno Cavalcante

Deixe seu comentário