• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

Deputado destina R$ 8,4 mi em emendas para saúde

Os recursos são de emenda impositiva e devem ser destinados a instituições filantrópicas e públicas.

26/03/2020 08:18h

Por conta da crise causada pelo novo coronavírus (Covid-19), o deputado Flávio Nogueira (PDT) resolveu destinar cerca de R$ 8,4 milhões, via emenda individual impositiva, para serviços de saúde no Piauí. O parlamentar acredita que esses recursos serão essenciais ao enfrentamento da epidemia.

“É imprescindível investir na saúde e em cuidados com a população. Sempre auxiliei com repasses que têm possibilitado a melhoria dos serviços a essa distinta área. Com minha emenda, o Piauí ganha mais um reforço para subsidiar a saúde neste momento em que há o avanço do Covid-19 no Brasil”, disse Nogueira.

Os recursos, já requisitados e aguardando liberação junto ao Ministério da Saúde (MS), devem beneficiar a Associação Piauiense de Combate ao Câncer (APCC) do Hospital São Marcos, em Teresina, o Governo do Estado e diversos municípios do interior. 


O parlamentar federal defende investimentos para combater a doença - Foto: Elias Fontinele/O Dia

Assim como Flávio Nogueira, outros deputados e senadores piauienses também tem solicitado a destinação de emendas para o enfrentamento da enfermidade no estado. Cada parlamentar pode sugerir até R$ 15 milhões em verbas federais para projetos públicos.

Orientações

Médico e membro da Frente Parlamentar Mista da Saúde na Câmara Federal, o deputado reforçou o pedido para que a população mantenha os cuidados sanitários básicos para prevenção da doença, além do isolamento social, como formas de prevenção da doença e evitar que sistema de saúde não seja sobrecarregado.

“O Estado adotou medidas de segurança e combate à doença, por isso, é fundamental que a população siga as recomendações dos órgãos de saúde. Tomar esta iniciativa é um ato responsável e de solidariedade com o próximo”, enfatizou o parlamentar.

Por: Breno Cavalcante, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário