Deputados do PL se reúnem amanhã para decidir se ficam com Wellington ou Bolsonaro

Em crise com o anúncio da possível filiação do Presidente Jair Bolsonaro, a legenda enfrenta um dilema no Piauí entre apoiar Bolsonaro ou se manter na base do governo Wellington Dias

22/11/2021 11:09h - Atualizado em 22/11/2021 11:53h

Compartilhar no

A bancada do Partido Liberal confirmou para a próxima terça (23) uma reunião com os deputados e líderes da sigla para definir os rumos do partido para o próximo ano. Em crise com o anúncio da possível filiação do Presidente Jair Bolsonaro, a legenda enfrenta um dilema no Piauí entre apoiar Bolsonaro ou se manter na base do governo Wellington Dias. Uma ala da sigla defende uma posição neutra no âmbito federal, não declarando apoio a Lula, candidato de Dias, nem a Bolsonaro, que poderá ser membro do PL. Um outro grupo pode deixar o PL em meio ao imbróglio. 


Leia também: Após crise, Progressistas do Piauí ainda confia em filiação de Bolsonaro ao PL 


A reunião desta terça contará com a bancada estadual e federal da legenda. Nos bastidores o deputado Fábio Abreu já revelou que poderá deixar o partido caso a filiação de Bolsonaro se concretize. Após o encontro desta terça, membros do PL devem se reunir também com o governador Wellington Dias, para levar a decisão que será tomada internamente. 


Foto: Assis Fernandes/O Dia

A vice-governadora Regina Sousa cobrou uma definição do PL para decidir os rumos da base governista, e destacou que Wellington tentará fazer a conciliação caso o problema se estenda. "A gente espera que as pessoas dos partidos primeiro tentem resolver internamente, temos que respeitar a independência dos partidos. Se chegar em janeiro e tiver algum problema ainda para resolver é claro que o governador entra para fazer a conciliação", afirmou Regina Sousa. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário