• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Jeová faz duras críticas ao sistema de transporte público

Em requerimento, Jeová solicita à Strans informações das empresas que operam em Teresina.

06/11/2019 08:37h

O presidente da Câmara Municipal de Teresina, vereador Jeová Alencar (PSDB), subiu o tom e fez duras críticas ao sistema de transporte coletivo da capital. Ele afirma que diariamente a casa recebe reclamações de usuários que apontam falhas e questionam a viabilidade do modelo adotado pela Prefeitura. 


Leia também:

Para tentar minimizar o transtorno aos usuários, Jeová apresentou um requerimento solicitando à Strans informações sobre as empresas que operam o transporte em Teresina. 

“Infelizmente, o que nós temos hoje é uma das passagens mais caras do Brasil e um dos piores serviços prestados à população. Apresentamos um requerimento nessa casa solicitando algumas informações. Diante das informações que vierem, vamos pedir o cancelamento da licitação, porque os empresários não estão cumprindo o que diz o edital”, explicou. 

Ainda de acordo com o presidente da Câmara, é obrigação da Prefeitura responder as críticas dos usuários e apresentar melhorias no sistema. “A prefeitura tem que tomar uma iniciativa, abrir uma nova licitação e tentar melhorar o transporte. Essa integração veio para acabar com a população. Teresina não estava preparada para receber esse sistema, a verdade é essa”, disparou Jeová. 

Base do prefeito Firmino Filho rebate 

Os vereadores que fazem parte da base de apoio do prefeito Firmino Filho reagiram às declarações do presidente da Câmara Municipal. Para Edson Melo (PSDB), as críticas fazem parte de um discurso político, uma vez que Jeová agora faz parte da oposição ao Palácio da Cidade. 

“É sempre obrigação do vereador, como da Câmara, estar sempre cobrando e fiscalizando a prestação de serviços, principalmente de concessionarias públicas do município, isso é natural, mas cancelar [a licitação] é uma coisa sem lógica, discurso que não leva a nada. Nós estamos cobrando para melhorar o sistema”, disse. 

Por: Natanael Souza

Deixe seu comentário