• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Júlio César: 'reforma tributária fortalece Estados e Municípios'

No Congresso, vários textos discutem mudança nas regras tributárias.

31/10/2019 06:57h - Atualizado em 31/10/2019 11:46h

O deputado federal Júlio César (PSD), único piauiense que participa da comissão da reforma tributária na Câmara dos Deputados, afirmou que o objetivo  da discussão  é evitar um aumento na carga tributária e promover as mudanças para fortalecer os estados e municípios. 


Leia também: Reforma tributária aumenta arrecadação de estados e municípios 


A reforma tributária está sendo atualmente discutida na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, mas com textos diferentes. Ao todo, cinco propostas em debate: a da Câmara, a do Senado, a da equipe econômica do governo federal, dos Estados e a do Instituto Brasil 200, patrocinada por um grupo de 300 empresários.

“Nós trabalhamos para que não ocorra aumento na carga tributária, preservar o direito adquirido dos entes federados e aumentar a participação, principalmente daqueles que mais precisam, que é a participação dos municípios brasileiros na divisão do bolo tributário nacional. Evidentemente que também fortalecendo os estados”, explicou Júlio César.


Piauiense quer divisão mais justa da União com Estados e Municípios - Foto: Assis Fernandes/O Dia

A unificação de impostos é uma das propostas que tem sido discutida. “Bom, a gente está fazendo simulações. Os governadores e prefeitos já têm uma proposta de emenda. Então, essa simplificação vai contribuir para dar mais eficiência na máquina administrativa fiscal. Mas, acima de tudo, o compartilhamento para que nenhum ente perca”, afirmou o parlamentar.

“O governo trabalha com hipótese de extinguir alguns tributos e a desoneração da folha que vai contribuir para aumentar o emprego. Estamos fazendo as contas do que sai e do que entra, para que não haja aumento da carga tributária”, comentou Júlio César.

Por: Natanael Souza, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário