• Cobertura Zé Pereira
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Marcelo Castro diz que não há hipótese de Luiz Lobão ser expulso do MDB

O dirigente afirmou que não existe a hipótese do vereador de Teresina ser expulso e nem precisa tratar do assunto com o diretório municipal.

24/01/2020 10:18h

O senador Marcelo Castro, presidente estadual do MDB, reagiu aos interesses de que quer a expulsão de Luiz Lobão do partido. O dirigente afirmou que não existe a hipótese do vereador de Teresina ser expulso e nem precisa tratar do assunto com o diretório municipal. Castro ainda ironizou os comentários sobre infidelidade partidária por parte de Lobão e afirmou que se a eleição é só em outubro, “não tem cabimento expulsá-lo” alegando infidelidade.

“Qual a razão da expulsão? Por uma expectativa de que ele vai trair o partido? Nunca vi isso. Tem clima sim para ele continuar na sigla. Lógico que vou defender. Se ele quiser sair do partido ele sai por conta dele. O partido vai expulsar por qual pretexto? Ele já declarou que vota no Dr. Pessoa para prefeito de Teresina. Eu não vou tá defendendo o que não tem o maior cabimento. Não tem lógica. Ele já declarou que vai votar no MDB”, pontuou o parlamentar, em tom de revolta.

Atualmente, Luiz Lobão pertence a sigla emedebista, mas é aliado político de Firmino Filho, de quem o atual presidente do diretório municipal do MDB de Teresina, Themístocles Filho, é adversário político ferrenho. Themístocles também é o principal articulador da pré-campanha de Dr. Pessoa a prefeitura da Capital. O deputado estadual João Mádison também é um dos que declararam publicamente que o MDB pensa em expulsar Luiz Lobão. 

A defesa de Marcelo Castro ao vereador é natural. Em 2018, Lobão coordenou em Teresina a campanha de Castro ao Senado e foi um dos responsáveis pela adesão de todos os vereadores da Capital ao emedebista. Foi também por meio de Lobão que Firmino Filho apoiou Marcelo Castro ao Senado.

Edição: João Magalhães
Por: Natanael Souza

Deixe seu comentário