• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Ministério da Saúde autoriza Água Branca a receber recursos federais

Além disso, o município também se tornou apto a receber recursos para o custeio das ações e serviços públicos de saúde direto do Governo Federal.

21/09/2019 10:48h - Atualizado em 21/09/2019 10:55h

Água Branca está na lista dos municípios habilitados pelo Ministério da Saúde para receber benefícios referentes às ações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 e recursos para custeio das ações e serviços públicos de saúde - Grupo de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar.  A portaria foi publicada nesta sexta-feira (20), no Diário Oficial da União.

De acordo com a portaria, ficam qualificadas a Unidade Móvel Aérea, (Aeromédico); Unidades de Suporte Básico – USB; e Unidade de Suporte Avançado – USA destinadas ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU 192, nos municípios descritos, entre eles, Água Branca. “Serão recursos e ações destinadas a salvar mais vidas com maior agilidade e qualidade no município”, diz o prefeito Jonas Moura.

Também fica estabelecido recurso do Bloco de Custeio das Ações e Serviços Públicos de Saúde - Grupo de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar, no montante anual de R$ 549.888,00, a ser incorporado ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade - MAC do Estado do Piauí e municípios.


Jonas Moura explicou que os recursos serão destinados às melhorias na saúde pública do município - Foto: O Dia

O prefeito Jonas Moura explica que, de acordo com o documento, o Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência, regular e automática, do montante estabelecido no artigo 2º aos Fundos Estadual e Municipais de Saúde, em parcelas mensais, mediante processo autorizativo encaminhado pela Secretaria de Atenção Especializada à Saúde.

Para o secretário municipal da Saúde, Amilton Feitosa, “se trata de mais um ganho para Água Branca. Diante de muitas dificuldades, nosso SAMU foi mais um habilitado para o custeio das ações e serviços de extrema importância para as ações de urgência e emergência do município, pois o atendimento pré-hospitalar reduz a morbimortalidade dos cidadãos que necessitam de atendimento de urgência e, principalmente, dos acidentados”, completa.

Por: Da Redação

Deixe seu comentário