• Clínica Shirley Holanda
  • Semana do servidor
  • Netlux
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Elmano retira assinatura para criação da CPI da Lava Toga

O parlamentar piauiense tinha sido o 27º a declarar apoio, número mínimo para que o pedido pudesse ser protocolado junto à mesa diretora.

20/09/2019 06:53h - Atualizado em 20/09/2019 09:05h

O senador Elmano Férrer (Podemos) retirou nessa quinta-feira (19) sua assinatura do pedido de criação da CPI da Lava Toga, que visa investigar a atuação de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e membros de tribunais superiores. O parlamentar piauiense tinha sido o 27º a declarar apoio, número mínimo para que o pedido pudesse ser protocolado junto à mesa diretora.


Leia também:

Elmano Férrer assina requerimento para abertura da CPI da Lava Toga 


A informação foi confirmada pelo site ‘O Antagonista’, que informou que Elmano teria cedido à pressão do presidente da casa, Davi Alcolumbre (DEM) e de membros da base do governo Jair Bolsonaro, deixando o requerimento com apenas 26 assinaturas.


A pressão sobre o senador veio de Davi Alcolumbre, presidente da Casa, informa site - Foto: Jailson Soares/O Dia

O senador piauiense, que é vice-líder do governo no Senado,  havia confirmado apoio a abertura da CPI na última semana, no dia 12 de setembro. Ele evitou dar declarações públicas sobre o assunto

Procurado pela reportagem do O Dia, Elmano Ferrer não foi localizado para comentar a decisão. 

Por: Natanael Souza, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário