• Campanha da Santa Missa
  • Vencer 03
  • Vencer 02
  • Vencer 01
  • Prerrogativas da advogacia
  • Peregrinos da fé
  • Novo app Jornal O Dia

PSL minimiza saída de Walter e foca na formação de chapa proporcional

O presidente do PSL no Piauí, vereador Luís André, afirmou respeitar a decisão do empresário.

19/02/2020 12:40h - Atualizado em 19/02/2020 12:50h

Apesar de demonstrar surpresa pela decisão de Walter Reis das Motos em sair do partido, o presidente do PSL no Piauí, vereador Luís André, afirmou respeitar a decisão do empresário, apontado como o nome da agremiação na disputa pela Prefeitura de Teresina nas eleições municipais deste ano. 


“Lamentamos e respeitamos sua posição. O partido vinha em consonância com a Executiva Nacional para viabilizar sua candidatura. Claro que ele não esperou o prazo final, mas precisamos respeitar sua decisão”, disse o dirigente partidário nesta terça-feira (18).


Leia também

Sem um nome para a disputa majoritária na capital, o PSL deve agora focar sua atenção na formação de sua chapa proporcional. “O partido ainda vai continuar sua articulação para conseguirmos eleger três vereadores em Teresina”, assegurou Luís André.

Neste novo cenário, o mais provável é que o PSL não tenha candidato ao Palácio da Cidade. Isso porque muitos de seus candidatos a vereadores hoje integram a base aliada do prefeito Firmino Filho (PSDB). “A decisão será mais na frente, mas não podemos descartar nenhuma das possibilidades”, concluiu o mandatário.


Edição: João Magalhães
Por: Breno Cavalcante

Deixe seu comentário