• Novo app Jornal O Dia
  • ITNET
  • TV O DIA att
  • TV O Dia - fullbanner

Rodrigo Maia já conta com apoio de três deputados do Piauí

Átila Lira (PSB) e Júlio César (PSD) já confirmaram adesão ao deputado do Rio de Janeiro. Fábio Abreu aguarda posição do PR, mas admite tendência de apoio a Maia.

07/01/2019 15:47h

O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) já tem garantido o apoio de pelo menos dois parlamentares piauienses na disputa pela Presidência da Câmara Federal, posto que ocupa desde julho de 2016 e para o qual pretende se reeleger.

Nesta segunda-feira, o deputado Átila Lira (PSB) anunciou que votará em Rodrigo independente da posição tomada pelo seu atual partido, do qual, inclusive, ele pretende se desfiliar assim que for aberta a janela partidária. 

O deputado federal Átila Lira (Foto: Assis Fernandes / O DIA)

"Nós devemos ter dois ou três candidatos, mas eu creio que o Rodrigo Maia vai reunir mais apoio. Eu, inclusive, o apoiarei", afirmou Átila

Embora venha defendendo o governo de Jair Bolsonaro (PSL), Átila diz não ter a pretensão de migrar para o partido do presidente, e cita três siglas às quais cogita se filiar: o Progressistas, o DEM ou o PSDB.

"Eu estou no PSB e só vou puder mudar de partido quando a legislação permitir, o que pode ocorrer em março. Mas não devo ir para o PSL. Eu prefiro ir para um partido mais antigo, que eu conheça mais, como o DEM, o PP ou o PSDB", adianta Átila.

Outro que também confirmou apoio a Rodrigo Maia é o deputado federal Júlio César, cujo partido, o PSD, já fechou questão para apoiar a candidatura a reeleição do atual presidente.

Júlio César, inclusive, foi o interlocutor que conseguiu agendar a reunião de Rodrigo com o governador Wellington Dias (PT) e a bancada federal piauiense, que está agendada para ocorrer na manhã desta terça-feira.

Outro deputado que está inclinado a apoiar Rodrigo Maia é o capitão Fábio Abreu (PR). Nesta segunda, ele declarou que está aguardando seu partido decidir se apoiará ou não o deputado do Rio de Janeiro. É alta a probabilidade de que a adesão seja confirmada.

capitão Augusto (PR-SP), correligionário de Fábio Abreu, também lançou sua candidatura à Presidência da Câmara, e tem dito que a manterá mesmo sem contar com o apoio da sua legenda.

Por: Cícero Portela

Deixe seu comentário