• SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Sem consenso no PT, Franzé abre mão de disputar a PMT

O deputado estadual decidiu não disponibilizar seu nome para uma pré-candidatura petista para a prefeitura de Teresina nas eleições municipais de 2020.

21/08/2019 08:03h

Depois de não conseguir apaziguar a disputa interna provocada pelas eleições para o diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), o deputado estadual Franzé Silva decidiu não disponibilizar seu nome para uma pré-candidatura petista para a prefeitura de Teresina nas eleições municipais de 2020.

“Diante das idas e vindas, tirei meu nome dessa área do consenso e também aproveitei retirar meu nome de uma pré-candidatura [...] Coloquei meu nome a disposição, mas como não houve consenso, retirei meu nome”, declarou o deputado.

Franzé esteve reunido na última semana com os dois principais grupos que disputam o comando do PT no Piauí, do deputado federal Assis Carvalho, atual presidente em busca da reeleição, e do vereador Edilberto Borges, o Dudu, que disputa o cargo.

A intenção era intermediar um acordo e evitar conflitos internos, o que segundo o parlamentar, esteve próximo de ser selado. “Na realidade eu fui um agente de consenso, que ouve os dois lados e busca a conciliação. Os dois lados chegaram ao consenso, mas depois resolveram romper”, pontuou.

Apesar da desistência, Franzé reiterou que o PT deve viabilizar outro nome para o pleito, principalmente para ampliar sua bancada de vereadores na capital. “Meu nome não está à disposição, mas quando o partido definir um nome, irei para campanha colaborar e trabalhar em torno dele”, finalizou.

Edição: João Magalhães
Por: Breno Cavalcante

Deixe seu comentário