• SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Themístocles minimiza críticas e ressalta importância de empréstimo

O presidente da Alepi destacou que a operação de crédito é avalizada por critérios técnicos e garante que o estado sempre arcou com seus compromissos.

27/08/2019 07:04h

O pedido de autorização para um novo empréstimo no valor de R$ 1,7 bilhão, feito pelo governador Wellington Dias (PT) à Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) foi alvo de críticas, principalmente da oposição, que questionou a capacidade de endividamento do Estado. O presidente da Casa, deputado Themístocles Filho (MDB), minimiza este entrave.

Ele ressalta que a operação de crédito é avalizada por critérios técnicos e garante que o estado sempre arcou com seus compromissos. “Na hora que se toma dinheiro emprestado, toda essa contabilidade é feita via Governo Federal e Estadual, ninguém vai emprestar dinheiro para quem não paga [...] O estado do Piauí honra, do passado até hoje, os recursos que ele tomou emprestado”, disse em entrevista a imprensa local.


O presidente da Casa afirma que o Piauí sempre cumpriu compromissos - Foto: O Dia

Apesar disso, Themístocles considera justa a discussão a respeito deste novo empréstimo a ser tomado pelo Poder Executivo, principalmente no que se refere a sua aplicação. Ele considera esta uma importante oportunidade para estimular o desenvolvimento do Piauí.

“Ninguém é contra investimentos no Piauí, no Brasil ou em qualquer lugar. Como se cresce um estado? Só com investimento. Tem que ter estrada, energia, saúde, educação e sem isso o estado não cresce e não ajuda milhares de piauienses a mudar de vida”, afirmou o chefe do legislativo estadual.

Apesar dos recentes empréstimos realizados pelo Governo do Estado, o secretário estadual de Fazenda, Rafael Fonteles, garante que o Piauí ainda tem capacidade de endividamento, estimada atualmente acima dos R$ 5 bilhões.

Por: Breno Cavalcante - Jornal O Dia

Deixe seu comentário