• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Vereador acusa Cepisa Equatorial de descumprir lei municipal

O parlamentar afirma que a concessionária de energia corta o fornecimento de clientes nos feriados.

11/07/2019 07:14h

O vereador Levino de Jesus (PRB) afirmou que a empresa Equatorial, responsável pelo fornecimento de energia na capital, descumpre a lei aprovada na Câmara Municipal de Teresina (CMT) e sancionada pelo prefeito Firmino Filho (PSDB), que proíbe a efetuação de cortes aos finais e semana e feriados.

“A Equatorial, antiga Cepisa, nunca cumpriu com o que a gente legislou aqui. No começo até desdenhou dizendo que não tínhamos essa competência”, disse o parlamentar, que apresentou nesta semana uma emenda a respectiva lei, estabelecendo que a empresa realize cortes somente em horário comercial.

Levino ainda cita um acórdão do Supremo Tribunal Federal (STF), que ratificando as decisões da casa legislativa do município. A intenção do mesmo é apresentar a denúncia ao Ministério Público. “Quero pedir inclusive a cobrança de multas à empresa, que desrespeita o cidadão teresinense”, comentou.


Levino de Jesus cobrou respeito da empresa com o parlamento de Teresina - Foto: Arquivo O Dia

O que diz a Equatorial

Através de nota, a empresa frisou o respeito a todas as instituições e negou as denúncias feitas pelo vereador. Segundo ela, suas ações são pautas dentro da lei, seguindo sempre os normativos regulatórios, como da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), mas ressaltou que realiza fiscalizações diárias para coibir eventuais irregularidades de religametos clandestinos.

“As vistorias ocorrem em qualquer horário do dia e estão sendo intensificadas no período noturno, quando, historicamente, aqueles que apelam para a ligação à revelia da distribuidora se aproveitam para cometer esta ilegalidade, confiantes de que não haverá fiscalização”, explica a nota. 

Por: Breno Cavalcante - Jornal O Dia

Deixe seu comentário