• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Walter Rei das Motos lança pré-candidatura a prefeito de Teresina

O empresário espera agora posição dos vereadores do PSL que apoiam Firmino Filho

14/11/2019 14:45h

A saída do presidente Jair Bolsonaro do PSL não abalou a estrutura do partido no Piauí. A atitude do presidente, por outro lado, foi fundamental para a sigla definir seu pré-candidato à prefeitura de Teresina. O presidente do diretório municipal do partido, o empresário Walter Rei das Motos, é nome escolhido para disputar o Palácio da Cidade.


Rubenita deixa o PSL e acompanha Bolsonaro em nova sigla 

Luís André minimiza saída de Bolsonaro do PSL 

Saída de Bolsonaro do PSL fragiliza sua relação com o Congresso 


A definição aconteceu depois que a advogada Rubenita Lessa, que pretendia concorrer à prefeitura pelo partido, anunciou que vai seguir Bolsonaro para o Aliança pelo Brasil, partido que deve ser criado pelo presidente. Sem outros nomes, o PSL resolveu confirmar o empresário Walter.

“Sou pré-candidato a prefeito, está confirmado. É prego batido e ponta virada”, confirmou. “Estive em Brasília recentemente, conversei com o vice-presidente (do PSL) Antônio de Rueda. Ele nos garantiu um fundo partidário muito bom para o Piauí. Vamos trabalhar muito forte”, afirmou.

O empresário espera agora posição dos vereadores do PSL que apoiam Firmino Filho (Foto: Elias Fontinele / O DIA)

Com o lançamento da pré-candidatura, Walter espera agora uma definição dos vereadores do PSL que estão na base do prefeito Firmino Filho. “Precisa fortalecer o nome. Como é que eu sou candidato do partido e os vereadores apoiando outro?”, questiona. “Não é uma candidatura fictícia, está sólida e eu vou trabalhar meu nome para que se fortaleça cada vez mais”, afirmou.

Como estratégia de campanha, Walter prepara um discurso de novo na política e empresário bem sucedido nos negócios. Ele evita criticar a administração de Firmino Filho, mas declara que com sua experiência na iniciativa privada pode fazer diferente da atual gestão. 

Por: Otávio Neto

Deixe seu comentário