• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Fagner diz que está vivendo a melhor fase da carreira

Na agenda de compromissos do artista estão uma noite de autógrafos nesta sexta-feira (08) e, no sábado, um show especial na casa de eventos Teresina Hall.

08/11/2019 15:10h - Atualizado em 08/11/2019 20:56h

O cantor e compositor Fagner disse durante entrevista na manhã desta sexta-feira (08), na sede do Sistema O Dia de Comunicação, no Centro de Teresina, que está vivendo a melhor fase da sua carreira. O artista de 70 anos participa hoje de uma noite de autógrafos e lança seu livro “Quem me levará sou eu”, no espaço de eventos do Teresina Shopping. No sábado (09), Fagner finaliza agenda com um show especial na casa de eventos do Theresina Hall a partir das 22h30.


“Eu estou em um momento especial da minha vida, vivendo a melhor da fase da minha da cerreira como artista. Percebo muita motivação do público e até mesmo do meu lado criativo", ressaltou. 

Fagner diz está vivendo melhor fase da carreira. Foto: Assis Fernandes. 

O cearense conta o que as pessoas podem esperar do seu primeiro livro.

“O livro conta a história de um artista brasileiro que através da arte pôde participar de inúmeras atividades do país. Para os fãs, sempre tem algo a mais, o que não conhecem e a gente resgatou tudo que aconteceu nas últimas quatro décadas”, disse.

Fagner relembrou que quase seguiu a profissão de Arquiteto e, que inclusive, fez boa parte da graduação na Universidade Federal de Brasília (UnB), mas a música o fez largar os estudos.

“Brasília se apresentava como um grande espaço do desenvolvimento do Brasil, eu entrei na UnB e estudei muito, mas esqueci e embarquei na música e foi bem melhor pra mim”, brincou.

Fagner lança livro nesta sexta-feira (08), no espaço de eventos do Teresina Shopping. Foto: Assis Fernandes. 

O cantor também avaliou o cenário atual da música popular brasileira, tendo em vista o crescimento de outros ritmos como sertanejo e funk.

“O Brasil é um país de muitos gêneros musicais. O que a gente fez e faz é marcado até hoje. De fato, há uma geração nova, mas acredito também que muitas das vezes se reclama que só toca uma única coisa, mas isso faz parte do modismo, faz parte do Jabá, da menina nova que vai surgindo e a gente tem só que aplaudir”, conta.

Essa é a segunda vez de Fagner em Teresina. Foto: Assis Fernandes. 

Além de matar a saudade dos fãs de Teresina, o cantor promete fazer o público cantar com grandes sucessos de sua carreira, como “Borbulhas de Amor”“Canteiros”“Deslizes” e “Espumas ao Vento”.

“As melhores canções que você quer ouvir estão no roteiro. Um show de 1h30 para retribuir todo esse momento que a gente está vivendo com uma grande equipe de músicos, técnicos e pessoas que fazem e valorizam o meu trabalho”, disse.

O show de Fagner acontece neste sábado (09), a partir das 22h30, na casa de show do Theresina Hall. Os ingressos ainda estão à venda na sede do Jornal O Dia, na sede da Teresina FM e no site ingresse.com. 

Edição: Adriana Magalhães
Por: Jorge Machado, do Jornal O Dia

Deixe seu comentário