• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Jornalistas do ODIA vencem prêmio de reportagem de trânsito

As jornalistas Glenda Uchôa, Isabela Lopes, Sandy Swamy e o repórter fotográfico Jailson Soares, conquistaram o prêmio da Strans.

14/11/2019 15:05h

As jornalistas Glenda Uchôa; Isabela Lopes e Sandy Swamy, do Jornal O Dia, venceram em 1º e 2º lugar, respectivamente, o VIII Prêmio Cidade de Teresina de Educação no Trânsito, na Categoria Profissional da Comunicação - Subcategoria Jornal ou Revista. O repórter fotográfico Jailson Soares também levou a premiação e ficou em 1º lugar na Categoria Fotografia. Essa foi a primeira vez que os profissionais participaram do concurso. 

O resultado do concurso foi divulgado nesta quinta-feira (14) e premiou os melhores trabalhos voltados para a conscientização da sociedade no trânsito. O prêmio é promovido pela Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans)


VEJA MATÉRIAS PREMIADAS: 

Glenda Uchôa, repórter de matérias Especiais, ficou em 1º lugar na categoria Jornal e comenta da satisfação em participar pela primeira vez do concurso, especialmente por trazer uma proposta que visa conscientizar e educar a população sobre práticas seguras no trânsito.

“É a primeira vez que ganhei o prêmio e me sinto muito feliz. Esse é um concurso de uma preposição muito importante, pois incentiva a educação e nós, como jornalistas, temos um papel muito grande vinculado a essa questão de poder educar a sociedade como um todo quanto às informações importantes e relevantes”, destaca.

A matéria assinada pela jornalista “Excesso de velocidade é a infração mais cometida em Teresina”, traz relatos dos perigosos do condutor que se arrisca em alta velocidade. “Descobri que este ano o excesso de velocidade é a primeira infração mais cometida e sabemos que o condutor que mistura velocidade com veículo automotor, as chances de acarretar em graves acidentes e que levem a sequelas físicas, psíquicas ou morte é muito grande. E isso foi trabalhado durante a matéria, então falei com pessoa que foram vitimadas por motoristas que estavam andando em excesso de velocidade e os impactos que isso causa nas instituições, como na saúde e infraestrutura”, acrescenta.

As jornalistas Isabela Lopes e Sandy Swamy conquistaram o 2º lugar na categoria Jornal. Com a matéria “Trânsito: 24 motociclistas são atendidos no HUT todos os dias”, as profissionais trouxeram dados sobre os principais acidentes de trânsitos, as sequelas que quem foi vítima de imprudência e sobre o comportamento que os condutores devem adotar ao dirigir um veículo.

“A quantidade de pessoas vítimas de acidente de trânsito tem crescido a cada dia, sendo os motociclistas os maiores afetados. Muitos desses acidentes estão relacionados à imprudência, atitudes irresponsáveis de segundos, mas que podem deixar sequelas para a vida toda. Mostrar essa realidade e tentar conscientizar a população é um dos papeis dos jornalistas e acredito que conseguimos fazer isso de uma forma clara e objetiva”, explica Isabela Lopes.

“Fiquei muito feliz se ser uma das ganhadoras, pois é o primeiro prêmio que recebo. Então, é uma honra fazer parte da equipe e poder ter um trabalho reconhecido juntamente com a Isabela Lopes, além de poder levar a população cuidados que devemos ter no trânsito”, ressalta Sandy Swamy.

O repórter fotográfico Jailson Soares também comentou a satisfação de ficar em 1º lugar na categoria Fotografia, que trazia como propostas atitudes legais que chamam atenção no trânsito.

“Fico feliz porque é a primeira vez que ganho só com fotografia. Para minha foto, eu estava em busca de um cadeirante atravessando a faixa de pedestre, mas vi que passou uma senhora usando bengala sendo ajudada por uma jovem e achei essa cena impactante. Fiquei das 7h às 8h40 esperando o melhor momento para fotografar e deu certo”, conclui Jailson Soares.

Por: Redação

Deixe seu comentário