• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Estudante vencedor do I Canta Timon acumula Prêmio da Galera pela internet

O jovem Luís César, de 13 anos, caiu nas graças dos jurados e da opinião pública

05/09/2019 07:42h

Bem além de qualquer expectativa prevista, o público que saiu de casa para prestigiar a final do I Canta Timon esteve expressivamente empolgado. E essa empolgação foi um termômetro para definir a tamanha aceitação da cidade de Timon, das famílias, das escolas e professores que confiaram, acompanharam e torceram pelos seus jovens talentos musicais durante o maior festival de música estudantil já realizado na cidade de Timon. 


"Um momento de oportunidade para apresentarmos à sociedade timonense os nossos jovens, os talentos da terra. Não temos aqui perdedores. Todos são vitoriosos. Estamos impressionados com a dimensão do festival", frisa Dinair Veloso, secretária de Educação.

O I Canta Timon mexeu com a rotina da cidade, mobilizou pessoas, emocionou, aqueceu a economia na Praça São José, que se moldou em palco vitrine para revelar e impulsionar sonhos já definidos por muitos dos candidatos. 

"A Praça São José, que nós reformamos e revitalizamos por completo, foi o lugar ideal para o evento. Aqui nós apresentamos nossas crianças e jovens para que a cidade saiba a força cultural dos talentos que possui. Estou muito feliz com o resultado que atingimos através do festival", reforça Luciano Leitoa, prefeito de Timon.

Na escolha dos vencedores, a mesa julgadora reuniu os artistas da música: Soraia Castelo Branco, Vavá Ribeiro, Igor Barreto, Rômulo Augusto e Dalmir Filho. Entre os 15 candidatos à final, a descontração, o domínio da música, a performance de palco e a segurança foram pontos comuns entre os calouros que, de forma surpreendente, fizeram o público interagir, cantar junto com eles.

"Na verdade, os participantes do festival formam uma grande família. A partir daqui, independentemente do resultado, muitos vão iniciar uma nova etapa, um novo caminho a seguir. Esse é o início de uma caminhada mais longa, rumo ao sucesso. Estamos todos realizados", disse Neto JS, diretor da Escola de Artes Beija-Flor. 

Premiação

Por volta das 21h, o acesso aos vídeos dos candidatos foi encerrado na página da Prefeitura Municipal de Timon no Facebook. E com um total de 1.326 curtidas, o jovem Luís César, de 13 anos de idade, aluno do Colégio Tiradentes V, garantiu o Prêmio da Galera, com quantia em dinheiro no valor de R$ 700.

O segundo lugar, com premiação de R$ 1.000, foi de Dara Sâmela, 17 anos, aluna da UE Duque de Caxias. "Eu canto desde pequena. Sempre gostei de música, mas nunca imaginei que poderia um dia cantar num palco, competir e ainda ser premiada entre os melhores. Obrigada meu Deus!", disse a estudante.

Já o terceiro lugar, com prêmio de R$ 800, foi conquistado por Jéssica Sousa, de 13 anos de idade, aluna do Colégio Militar 2 de julho. "Estou imensamente feliz. Fiz amigos, aprendi muito e tenho comigo a certeza de que posso crescer muito na música", diz Jéssica.

E para surpresa, inclusive dele, o vencedor do primeiro lugar, com premiação de R$ 1.500, foi também o pequeno Luís César, o mesmo que levou o Prêmio da Galera. "Meu coração ainda tá batendo forte. Sobre o prêmio de galera, esse eu até esperava, mas o 1° lugar, não! Ainda assustado, tentando me acostumar com a ideia!"

Para os três ganhadores, o I Canta Timon reservou além do prêmio em dinheiro e do troféu, a gravação de uma música em estúdio profissional, o The House Estúdio, em Teresina. Como resposta ao sucesso do festival, que marca de forma intensa a história de cultura musical na cidade, o I Canta Timon também inspira e impulsiona à realização de outros festivais: em breve acontecerá o Dança Timon.


Deixe seu comentário