• Banner Cultura Governo do PI
  • Obras no Litoral Cultura
  • Clínica Shirley Holanda
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Livro: Poesia para crianças de Adriana Calcanhoto

O livro oferece um passeio pela produção poética brasileira do século XIX ao século XXI, reunindo poetas de diferentes estilos e temas

19/10/2019 15:45h

Muita gente ainda não sabe que a cantora e compositora Adriana Calcanhoto é uma escritora de mão cheia: uma de suas obras mais interessantes é "Antologia da Poesia Brasileira Para Crianças de Qualquer idade". Nessa obra, a cantora e compositora gaúcha compartilha seu amor à poesia, selecionando poemas de diferentes momentos da literatura brasileira dos século XIX e século XX. Como o próprio título evidencia, adultos e crianças poderão conhecer, ou talvez revisitar, textos que fazem parte de suas memórias literárias, descobrindo os diferentes autores, temáticas e estilos. De presente, os leitores ainda poderão se deliciar com as divertidas e singelas ilustrações criadas por Adriana, além de conhecerem um pouco mais sobre os poetas nas pequenas biografias elaboradas pela organizadora. Um livro que se propõe a ser um portal para a poesia brasileira. A bibliografia citada no final da obra, apresenta ao leitor não só a origem dos poemas selecionados, mas a possibilidade de conhecer obras importante de nossa literatura.

O livro oferece um passeio pela produção poética brasileira do século XIX ao século XXI, reunindo poetas de diferentes estilos e temas. Essa diversidade, que vai de Gonçalves Dias (1823) a Gregório Duvivier (1983), não só amplia o olhar sobre as formas de se escrever poesia – metrificada, verso livre, haicais e poesia concreta – como trabalha diferentes sentimentos, relações humanas, saudade, perda, amor. As ilustrações, feitas pela autora em lápis de cor, são figurativas, traduzindo em traços o que é dito em palavras. Ao final do livro há uma pequena biografia de cada poeta. Portanto para quem ainda não leu, procure este livro nas livrarias e dê de presente a uma criança que, certamente, saberá aproveitar a agradável leitura e, quem sabe, se tornar um leitor voraz da nossa literatura. Estão listados 48 poemas organizados em ordem cronológica, cobrindo assim três séculos: desde “Canção do Exílio”, ,de Gonçalves Dias.

Por: Marco Antônio Vilarinho

Deixe seu comentário