• Natal
  • Policlinica
  • Motociclista
  • SOS Unimed
  • Novo app Jornal O Dia

Palácio da Música comemora 10 anos com programação especial

E para comemorar, oferece diversas opções musicais gratuitas na casa, de 19 a 22 de novembro, às 19h30.

19/11/2019 12:24h - Atualizado em 20/11/2019 08:38h

No dia 20 de novembro de 2019, o Palácio da Música de Teresina completa 10 anos de atuação cultural na capital piauiense. E para comemorar, oferece diversas opções musicais gratuitas na casa, de 19 a 22 de novembro, às 19h30.


Abrindo a semana de comemorações, nesta terça-feira (19), temos Luana Campos, Soraya Castelo Branco, André de Sousa, Flávio Moura, Janela Lateral e Valor de PI. Na quarta (20), é a vez de Wilker Marques, Zaqueu Sousa, Francisco Jânderson e Laércio Eduardo, Quarteto de Cordas OST e Hilson Costa, Wellington Torres, Ivan Silva e Tremembones. Na quinta (21), a Orquestra Sinfônica de Teresina domina a noite. E na sexta (22), encerrando o festival de comemorações, Madrigal Vox Populi, Orquestra de Violões de Teresina, Orquestra Snafônica Seu Dominguinhos, Caneleiro Jazz e Banda 16 de Agosto.

A Casa foi inaugurada dia 20 de novembro de 2009, nascida da necessidade de um espaço específico, inicialmente para a Banda 16 de Agosto e a OST, com disponibilidade e preparos estruturais para os mesmos, que agora, além de um lugar fixo e com o revestimento acústico necessário, ainda possuem uma sala para concertos com 140 lugares com toda a estrutura de som e luz, e uma equipe preparada para atender qualquer demanda musical que precise de seus serviços. Posteriormente, com o surgimento de novos grupos musicais municipais, passou a abrigá-los também. Já foi um dia, um mercado popular, o antigo mercado do Cajueiro, desativado há anos, reformado e readaptado para dar lugar ao Palácio da Música. O local conta com salas de estudo e salas de ensaio. A secretaria do Palácio funciona de segunda à sexta, de 8h às 18h, com localização no cruzamento das ruas Santa Luzia e Treze de Maio, N° 1241, Centro.

Edição: Marco Antônio Vilarinho

Deixe seu comentário