• Canta
  • SOS Unimed
  • Fagner
  • Trilha das emoções
  • Novo app Jornal O Dia

Notícias São João do Piauí

08 de dezembro de 2013

Mulher acusa ex-companheiro de abusar de sobrinha deficiente

A jovem, de 19 anos, confirmou que o homem havia a tocado.

Uma mulher acusou o ex-companheiro de abusar sexualmente de sua sobrinha, de 19 anos, portadora de deficiência mental. O caso aconteceu na localidade Lisboa, zona rural do município de São João do Piauí (a 445 km de Teresina).

Vizinhos acionaram a polícia denunciando que um homem, de 44 anos, estava agredindo e ameaçando de morte sua companheira, de 34 anos.

A Companhia da Polícia Militar de São João do Piauí destacou policiais para ir até a localidade atender a ocorrência. Porém, ao avistar a chegada da polícia, o acusado conseguiu fugiu pela janela de sua residência.

A mulher foi levada para a Delegacia onde, em depoimentos ao delegado Jorge Terceiro, contou as diversas agressões que sofreu do marido em nove anos de relacionamento.

A vítima denunciou que no ano passado flagrou o marido abusando sexualmente de sua sobrinha, que é deficiente mental. Ela contou que, ao chegar em casa, percebeu o acusado saindo do quarto da jovem com as calças nas mãos. A menina estava somente de calcinha e blusa. Apesar da deficiência, a garota ainda conseguiu dizer que o homem havia a tocando.

âEle é um monstro, me bate todos os dias, até quando eu estava grávida ele me batia, e desta vez ameaçou de me matar com uma espingarda e uma pedraâ, conta a vítima.

Depois de ouvir o depoimento da mulher, o delegado Jorge Terceiro pediu a prisão preventiva do acusado. âVou abrir procedimento para apurar o abuso contra a jovem e vou pedir exame de conjunção carnalâ, explico.

Na casa do acusado os militares encontraram uma espingarda com munição.

21 de outubro de 2013

São João é uma das cidades sem "Estação Juventude"

Projeto teria sido enviado no prazo final para envio

A Secretaria Nacional da Juventude da Presidência da República divulgou o resultado da seleção de propostas de Estados e Municípios para a implantação do Programa âEstação Juventudeâ. 

O Programa, que tem como objetivo ampliar o acesso de jovens de 15 a 29 anos â sobretudo aqueles que vivem em áreas vulnerabilizadas â a políticas, programas e ações que assegurem seus direitos de cidadania e ampliem a sua capacidade de inclusão e participação social, prevê a transferência de recursos de R$ 258 mil reais para os municípios selecionados. 

Os municípios interessados na implantação do projeto deveriam encaminhar proposta no período de 05 de agosto a 13 de setembro de 2013. Para tanto, a Secretaria Nacional de Juventude disponibilizou instruções e um modelo de projeto em sua página na internet. 

A Prefeitura de São João do Piauí enviou proposta no dia 13 de setembro passado. Entretanto, a proposta foi rejeitada preliminarmente, por ter sido enviada sem projeto básico. 

No Piauí, foram selecionados para implantação do Programa os municípios de Picos, São Francisco de Assis do Piauí, Sebastião Barros, Oeiras, Juazeiro do Piauí, Castelo do Piauí, Conceição do Canindé, Várzea Branca e Regeneração. 

10 de outubro de 2013

Hospital regional de São João do Piauí tem nova diretoria

Nova Diretora assume hospital e pede paciência à população

Assumiu a Direção do Hospital Estadual Teresinha Nunes de Barros nesta semana a enfermeira Talita Maria Lopes Carreiro de Alencar. Ela havia sido nomeada pelo Governador Wilson Martins(PSB) no último dia 1° de outubro. 

A nomeação da enfermeira ocorreu a partir de intervenção feita no hospital pelo Governador, o qual decidiu preterir os candidatos que haviam sido considerados aptos em processo seletivo realizado em junho, pela Secretaria Estadual de Saúde, para o preenchimento do cargo. 

A nova Diretora diz ter assumido a direção com a função de reestruturar a execução dos serviços do hospital, com a ampliação do quadro de servidores e a conclusão da reforma ou ampliação de determinados setores. 

A Diretora diz ainda que as primeiras medidas a serem adotadas dizem respeito à aquisição de medicamentos e materiais hospitalares, que são essenciais para o atendimento de urgência e emergência do hospital. 

Sobre a situação financeira do Hospital, Talita Lopes Carreiro disse que o Governo do Estado tem dado apoio à sua gestão, e que conta com a parceria da Prefeitura Municipal. A Diretora afirmou ainda que sua gestão se encontra em um processo de transição, e que ainda não se inteirou junto ao setor contábil do hospital sobre os atrasos de repasses de recursos provenientes do Fundo Nacional de Saúde e que devem ser transferidos ao hospital pela Prefeitura Municipal de São João do Piauí.

Entre as novos serviços a serem disponibilizados à população, a Diretora destaca a intenção de reativar o centro cirúrgico dos hospital. A Diretora disse ainda que não há perspectiva de mudança no quadro de servidores efetivos e de prestadores de serviço, razão por que não deverão ocorrer demissões em um primeiro momento. 

Por fim, a nova Diretora solicitou paciência para reestruturar os serviços do hospital, pedindo o apoio dos servidores do hospital e da população. 

20 de agosto de 2013

Após denúncia prefeitura de São João cancela teste seletivo

Fundação contratada estaria impedida de celebrar contratos com órgãos públicos

A Prefeitura de São João do Piauí resolveu suspender a realização do Processo Seletivo Simplificado, que visava à contratação de professores por tempo determinado. A suspensão se deu porque a Fundação Trajano Neto, que foi contratada para organizar a seleção, encontra-se impedida de celebrar contratos com entes públicos.

Em virtude disso, o contrato com Fundação Trajano Neto foi rescindido pela Prefeitura de São João do Piauí e Secretaria Municipal de Educação â Seme, e as inscrições foram suspensas. 

Segundo informações do Tribunal de Contas do Estado, a Fundação contratada pela Prefeitura para a realização do teste seletivo em São João do Piauí está impedida de contratar com qualquer órgão da administração pública até 25 de agosto de 2014. 

O impedimento partir de penalidade aplicada pela Prefeitura de Teresina à Fundação, alegando inexecução imparcial de convênio celebrado com aquele órgão.

As penalidade de impedimento de contratar com a administração pública é prevista na Lei n° 8.666/93, que regula as licitações e contratos administrativos. Segundo entendimento dos órgãos de controle externo, a celebração de contratos com empresas impedidas de licitar ou contratar com a administração pode sujeitar o gestor público à pena de improbidade administrativa.

A contratação da fundação mostra a clara e inequívoca falta de conhecimento e competência da assessoria Jurídica do prefeito de São João do Piaui.

13 de agosto de 2013

TRT nega recursos e prefeito de São João do PI terá que empossar concursados

Concurso realizado em 2010, aprovados tiveram que recorrer na justiça

A prefeitura de São João do Piauí bem que tentou, mas não conseguiu impedir a convocação dos aprovados em um concurso realizado no ano de 2010. O Tribunal Regional do Trabalho-TRT negou todos os recursos apresentados pela prefeitura contra decisão do Juiz do Trabalho de São Raimundo Nonato, determinando assim a nomeação e posse de aprovados.

Com esta decisão, o prefeito Gil Carlos Modesto (PT) terá que convocar e nomear logo de início três enfermeiras e um dentista. Os outros candidatos aprovados já ingressaram na Justiça do Trabalho e estão aguardando a decisão do Juiz. 

O advogado da prefeitura Gustavo Barbosa Nunes havia entrado com recurso alegando que o Tribunal de Contas do Estado havia suspendido a nomeação dos concursados após as eleições no ano passado, e que tramitava ação na justiça estadual questionando a prova de títulos dos candidatos ao cargo de dentista. 

Cada um dos quatro recursos apresentado pelo advogado foi julgado por um Desembargador diferente. Nenhum deles, entretanto, reconheceu que seus argumentos eram válidos para suspender a decisão do Juiz de 1ª instância.

Além disso, o Desembargador Arnaldo Boson destacou a importância do concurso público, citando Hely Lopes ao afirmar que é o meio pelo qual "afastam-se os ineptos e os apaniguados, que costumam abarrotar as repartições, num espetáculo degradante de protecionismo e falta de escrúpulos de políticos que se alçam e se mantém no poder leiloando empregos públicosâ.

Após negar o recurso, o magistrado afirma que âas alegações não se mostram plausíveis a ponto de demonstrar a presença dos requisitos autorizadores do efeito suspensivo  pretendidoâ. A notícia é animadora para os concursados.

02 de agosto de 2013

Operação "Volante" cumpriu mandatos de prisão em São João do PI

Policiais foram até a rádio falar sobre as ações realizadas na região

O comandante da CIA militar de são João do Piauí tenente Edilson Salviano e o tenente Frazão do grupamento RONE estiveram na Rádio Alvorada FM falando sobre operação denominada â volante â , denominação essa em referencia a volante, grupo de policiais que faziam a segurança nos anos 30 e foram os responsáveis pelo fim do bando de lampião, que a época aterrorizava o sertão nordestino. 

A operação que aconteceu na região de são João do Piauí, que abrange cerca de dez municípios foi, segundo a policia, alcançado os objetivos. O tenente  Frazão que pertence ao grupamento RONE  colocou que tem feito sempre essas operações no final de mês em alguns municípios por ser uma época em que o fluxo de dinheiro e maior nas agencias bancarias e agência dos correios que prestam serviços bancários.

O tenente Edilson disse que durante a operação aproveitou para dar cumprimento a mandatos de prisão expedidos pela justiça.  Segundo o mesmo foram presas pessoas por homicídio, furto, lesão corporal, pensão alimentícias e cerca de cinquenta pessoas foram abordadas e revistadas, foi recuperada uma moto com chassi adulterado, e cerca de trinta veículos passaram por a inspeção da policia.

O Rone nesta quinta-feira (01), ainda se encontrava em São João, e esta presente na região. 

01 de agosto de 2013

30 de julho de 2013

Prefeito sofre três ações que pedem a cassação do seu mandato

Ambas já tramitaram na justiça, dependendo agora apenas do parecer de um Promotor

O prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos (PT) sofre atualmente três Ações de Investigação na Justiça Eleitoral. Elas tramitam no Fórum Eleitoral da Comarca do município e pedem a cassação do prefeito e do vice, Jesus Rodrigues (PR). Atualmente as ações aguardam apenas o parecer do Ministério Público, o parecer é aguardado desde o dia 06 de maio deste ano.

A demora no parecer pode estar acontecendo pelo fato de a comarca estar sem promotor desde o mês de janeiro deste ano. No dia 05 de julho deste ano, o Promotor de Justiça Régis de Moraes Marinho, titular da 1ª Promotoria de Justiça do Município de São Raimundo Nonato foi designado para responder também pela Promotoria de São João do Piauí.

Sabe-se que tais pareceres devem ser elaborados por um Promotor de Justiça, o que não se sabe é se o promotor de São Raimundo Nonato vai elaborar os pareceres pendestes ou se vai aguardar a designação de outro Promotor. Todas as fases dos processos já tramitaram, inclusive já havendo as partes apresentado suas respectivas alegações finais. 

Processos

Os três processos estão sendo movidos pelo candidato derrotado nas eleições de 2012, Alexandre Mendonça (PSB). O primeiro trata da perfuração de poços tubulares com fins eleitorais. No segundo, prefeito e vice são acusados de terem sido beneficiados pela distribuição de blocos de tijolos de cerâmica e o terceiro processo trata de uma suposta listra com nomes de supostos eleitores e anotações de valores em dinheiro ao lado de cada nome. A lista foi encontrada pela polícia na casa de um correligionário do prefeito.